Cidade

Coordenação de Endemias participa de evento no Lago Norte


Tarobá no Lago será neste sábado (16), no Conjunto Milton Gavetti; haverá exposição e maquetes, panfletagem e outras ações educativas e de lazer

A comunidade da região norte vai poder aproveitar, neste sábado (16), a primeira edição do ano do Tarobá no Lago. E a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Coordenação de Endemias, irá participar da ação. Os agentes estarão em uma atividade educativa, conscientizando a população presente sobre os objetos, presentes nas casas e quintais, que podem servir de criadouros para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, bem como o modo de prevenir outras doenças e vetores.

As atividades irão ocorrer das 14 às 18 horas às margens do Lago Norte, na Avenida Curitiba, Conjunto Milton Gavetti. Em caso de mau tempo, o evento poderá ser cancelado.

Juntamente com os agentes de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, o Tarobá no Lago Norte também irá levar para a comunidade atividades de lazer e esportivas, como aulas de zumba, alongamento, além de partidas de futebol e vôlei, e também cuidados com a saúde, através da aferição de pressão. Para as crianças haverá recreação, com cama elástica e vários jogos.

A agente de Endemias da SMS, Cristina Gomes Torquato, citou que as abordagens ao público presente no Tarobá no Lago Norte vão enfatizar os cuidados necessários para conter a proliferação do Aedes, para impedir novos casos de dengue na cidade. A medida mais indicada é eliminar os possíveis criadouros, ou seja, lugares e objetos que acumulam água. Os mais comuns são vasos de plantas, recipientes de água dos animais domésticos, garrafas, pneus, ralos e calhas.

Além destes, os materiais recicláveis, restos de construção e o lixo doméstico precisam ser destinados corretamente, para que não acumulem água nem sejam utilizados como abrigo por outros animais.

Cristina citou ainda que os agentes de Endemias darão orientações sobre as maquetes e exposições, que apresentam o ciclo de vida do Aedes, um quintal com vários possíveis criadouros, além de informações sobre o bicho barbeiro, esquistossomose, escorpião, caramujo africano e leishmaniose.

Foto: Ilustrativa

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos