Cidade

Londrina abre caminho para carreata pela paz mundial

Caravana vai passar por diversos pontos da cidade e pretende levar à população propostas de desarmamento e cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio


A Marcha Mundial Pela Paz, que começou no último mês de outubro, na Nova Zelândia, chega a Londrina amanhã, dia 22, para mobilizar os moradores da cidade a entrarem na luta pela paz, fim da violência e desarmamento mundial. A marcha já passou por diversos países em todo mundo. A meta é completar três meses de atividades em mais de 100 nações.
A carreata, que está no Brasil desde 16 de dezembro, já passou por Recife, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo e será promovida amanhã simultaneamente em Londrina e Curitiba. Depois, os integrantes do movimento vão para Florianópolis e Porto Alegre, onde completam o roteiro no país.
O evento está programado para começar às 16h, em frente ao Centro Cívico de Londrina, que fica na avenida Duque de Caxias, nº 905, e é aberto ao público. Os participantes poderão comparecer com seus próprios veículos, faixas e bandeiras, inclusive de times de futebol. A Prefeitura de Londrina, por meio da CMTU, vai disponibilizar transporte para os que não possuem nenhum tipo de locomoção possam também fazer parte da marcha.
Às 16h30, a caravana sairá do Centro Cívico e passará por diversos pontos da cidade, como as avenidas Juscelino Kubitscheck, Higienópolis, Dez de Dezembro, Saul Elkind, Rio Branco e Leste Oeste. Durante o trajeto, haverá uma parada para que os participantes assistam a uma apresentação de capoeira. A chegada está prevista para as 19h, na praça Tomi Nakagawa, onde o chefe da comitiva que promove a marcha discursará. Em seguida, os presentes poderão assistir a apresentações culturais.
A Marcha Mundial pela Paz tem incentivo da Prefeitura de Londrina, Sercomtel e Londrina Convention.
 
O movimento
Tendo sido iniciada no mês de aniversário de Mahatma Gandhi (ícone indiano que liderou uma revolução pacífica naquele país no século XX. A principal filosofia da revolução era o uso da não-violência), a Marcha Mundial pela Paz tem como objetivo mobilizar povos de todo o mundo para lutar pela paz e pelo desarmamento mundial. Entre as propostas sugeridas pelo movimento, está a diminuição dos gastos com armamentos, exércitos e guerras, e aumento de investimentos para alcance oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), criados pela Organização das Nações Unidas (Onu).
Londrina é uma das nove cidades brasileiras a receber a marcha. Dessas, é a única que não é capital de estado. Para o organizador do evento na cidade, Luis Cláudio Galhardi, isso “representa e comprova que Londrina é uma referência no trabalho de cultura da paz, reconhecida nacionalmente. Por isso, os organizadores fizeram questão que a carreata passasse por nossa cidade”, exaltou. Para representar o movimento na cidade, dez integrantes da comitiva da marcha estarão no evento.
Os Objetivos do Milênio
Segundo o site www.objetivosdomilenio.org.br, no ano de 2000 a Onu analisou os principais problemas da humanidade a serem enfrentados neste milênio e listou oito propostas para acabar com tais mazelas, que foram chamadas de Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Segue a lista com os oito ODM:
1. Acabar com a fome e a miséria.
2. Educação básica de qualidade para todos.
3. Igualdade entre sexos e valorização da mulher.
4. Reduzir a mortalidade infantil.
5. Melhorar a saúde das gestantes.
6. Combater diversas doenças, como AIDS e malária.
7. Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente.
8. Todos trabalhando em conjunto pelo desenvolvimento.
(Londrina, 21 de dezembro de 2009)

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos