Destaques

Estradas rurais de Londrina recebem melhorias

Ligação entre o distrito de Lerroville até o Assentamento Eli-Vive 1 será pavimentada com pedras em um trecho de 10 quilômetros; trabalhos terão continuidade até o patrimônio Guairacazinho

Nesta sexta-feira (20), o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, e o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Ronaldo Deber Siena, assinaram convênio para a implementação e execução do “Programa Estradas Rurais Integradas aos Princípios Conservacionistas – Estradas da Integração”, em parceria com o Governo do Paraná. A solenidade ocorreu na sede da Prefeitura e contou com a presença do chefe do Núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), Antônio Carlos Barreto, dos vereadores Jairo Tamura, Péricles Deliberador e Jamil Janene, do vice-prefeito João Mendonça, entre outras lideranças e representantes de vários distritos rurais.

O acordo, firmado entre o Município de Londrina e governo estadual, contempla a pavimentação poliédrica com pedras irregulares em dois trechos de estradas rurais, contribuindo para a melhoria do tráfego e redução dos custos com manutenção das mesmas. O convênio prevê investimento de R$ 3.244.249,63 ao todo, com vigência de 48 meses para a execução das obras, contados a partir da publicação do documento no Diário Oficial do Estado. A Prefeitura deve abrir o processo licitatório, até o início de 2020, para a contratação da empresa que executará o serviço.

Por meio da parceria, será feita a pavimentação poliédrica da estrada que compreende a sede de entrada do distrito de Lerroville até o Assentamento Eli-Vive 1, em um trecho de 10 quilômetros e será melhorado 1 quilômetro da Estrada da Usina Apucaraninha, em Lerroville. Assim, 11 quilômetros receberão as pedras irregulares assentadas de forma manual sobre subleito que será preparado após as operações de terraplanagem de corte e aterro. As etapas correspondem ao trecho 1 do projeto de pavimentação nessa área, que terá continuidade em breve.

Foto: Sônia Lenira

Segundo o prefeito Marcelo, o trecho 2 já está com os projetos em andamento e será realizado pela própria Prefeitura de Londrina, compreendendo a continuidade da pavimentação poliédrica a partir do Assentamento Eli Vive até o patrimônio Guairacazinho. “Com todo este projeto, serão beneficiadas com as melhorias de 4 a 5 mil pessoas, entre moradores dos distritos e produtores da região. Por meio de uma somatória de ações, aos poucos Londrina começa a formar, pela primeira vez, um caminho interno com estradas ligando toda a zona rural do município. Esse é o nosso objetivo”, afirmou.

O prefeito também frisou que, além da nova pavimentação e adequações nas estradas rurais, que englobará outros distritos mais adiante, o Município também está recebendo diversos maquinários novos, por meio de convênio com o governo estadual, totalizando cerca de R$ 7 milhões.  Assim, o parque de máquinas da Prefeitura continua sendo reforçado para cuidar melhor das estradas rurais.

Além disso, também está sendo finalizado um processo de contratação de empresas, em torno de R$ 5 milhões, que irão atuar paralelamente aos trabalhos já em execução, integrando o conjunto de medidas. “Em 2019, já foram feitos mais de 210 km de readequações em estradas distritais, que é um dado histórico para Londrina. Há muito o que ser feito, mas estamos no caminho para que o próximo ano seja ainda mais positivo”, salientou Marcelo.

Foto: Sônia Lenira

O produtor rural Jauri Dias, morador e representante do Assentamento Eli Vive, frisou que os trabalhos de pavimentação são uma conquista importante para o desenvolvimento da zona rural de Londrina. “Somente nesse trecho são cerca de 3 mil moradores, e quase 5 mil pessoas passam por essa região todos os dias. Por isso, estamos muito contentes que o projeto irá acontecer. Estamos conseguindo manter um diálogo respeitoso e produtivo com o prefeito Marcelo Belinati e sua equipe, e os resultados estão aparecendo. Esperamos que novas parcerias possam ocorrer para trazer melhorias aos distritos e áreas rurais”, comentou.

Segundo o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento de Londrina, Ronaldo Deber Siena, a escolha dos trechos iniciais, que compõem o convênio, ocorreu por demanda dos moradores da zona rural devido ao estado de conservação dessas vias. São 600 alunos que estudam no Eli Vivi 1 e 2 e outras 2 mil pessoas adultas transitam até o assentamento, além daqueles que trafegam pelos sítios e distritos próximos. “Isso beneficiará milhares de pessoas da zona rural em seus deslocamentos diários, como idas à escola, aos hospitais,  à cidade e aos sítios e fazendas, além de contribuir para a redução dos custos da produção agrícola”, explicou.

Foto: Sônia Lenira

Siena destacou que a articulação feita com a união entre poder Executivo, Legislativo, Governo do Estado e produtores rurais, permitirá que as iniciativas previstas saiam do papel e tragam serviços de qualidade à população da área rural. “Os produtores necessitam de estradas melhores e neste caso o pacote assinado será muito positivo, pois permitirá trazer um pavimento de maior qualidade, já que antes só seria possível trabalhar com a aplicação de moledo, e agora teremos a colocação das pedras poliédricas. Estamos trabalhando intensamente para levar melhorias a estes locais e, pouco a pouco, chegaremos em todos os distritos”, disse.

Para o chefe do Núcleo Regional da SEAB, Antônio Carlos Barreto, as obras também reforçam o bom relacionamento entre a Prefeitura de Londrina e o Governo do Paraná, resultando em várias ações, incluindo melhorias viárias e em estradas rurais. “Este convênio assinado hoje terá duração de quatro anos e esperamos que a execução dos serviços ocorram da melhor forma possível e venham para dar mais qualidade de vida aos moradores beneficiados”, pontuou.

Na solenidade, também foi informado que os distritos de Guaravera e Maravilha também receberão melhorias após a chegada dos novos maquinários para a Prefeitura. Questões técnicas estão em andamento e a tramitação inicial deve ser concluída até meados de janeiro de 2020.

Outras informações podem ser obtidas com o secretário de Agricultura e Abastecimento, Ronaldo Siena, pelo 3372-4786.  

Texto: Ana Paula Hedler e Renan Oliveira

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos