Cidadão

Curso da CMTU treina motociclistas para conduzirem com segurança na área urbana

Aulas são ofertadas três vezes por semana e incluem capacitação teórica e prática em pista educativa no Autódromo

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) continua ofertando o curso gratuito de aperfeiçoamento para motociclistas. As aulas práticas e teóricas acontecem às terças, quintas e sextas, no período da manhã, todas as semanas. Para se inscrever, basta entrar em contato pelos telefones (43) 3379-7609 e 3379-7604, ou pelo formulário disponível na página do Setor de Educação de Trânsito da CMTU < http://cmtu.londrina.pr.gov.br/index.php/educacao-de-transito.html> .

A expectativa é que as aulas sejam realizadas de forma contínua. Cada aluno pode participar de um dia de curso, realizado em pista educativa no Autódromo Internacional Ayrton Senna. Para participar do treinamento, é preciso ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida com licença para categoria A. É emitido certificado de participação, com três horas de carga horária.

Foto: CMTU

As aulas são conduzidas pelo agente de Trânsito André Stabelini, que possui experiência como instrutor de autoescola e é habilitado como motociclista. O objetivo principal da formação é reforçar aos alunos as práticas corretas para o trânsito urbano, de forma a reduzir o número de acidentes.

Segundo o diretor de Trânsito da CMTU, Major Sérgio Dalbem, é alto o número de acidentes e mortes no trânsito envolvendo motociclistas. “Além de acidentes envolvendo outros veículos, há no mínimo três quedas por dia de motociclista sem nenhum outro veículo envolvido. O objetivo é atender essa comunidade, que se envolve em muitos acidentes e saem machucados, lesionados, alguns inclusive com deficiências permanentes”, detalhou.

Lançado no final de abril, o treinamento registrou 55 inscritos e 36 condutores fizeram o curso, até o momento. As turmas são realizadas todas as semanas, sem número mínimo de participantes e com até 12 alunos, para que não haja aglomeração.

Dalbem frisou que a imperícia é observada com frequência nas ocorrências de trânsito envolvendo motociclistas, assim como falhas na manutenção das motos. “Um exemplo são os erros no uso do freio, porque levamos a cultura da bicicleta ao conduzir a motocicleta. Na bicicleta o freio dianteiro faz capotar, já na moto é ele quem ajuda a parar e assentar, desde que esteja na velocidade adequada. Então o certo é usar os dois freios ao mesmo tempo, porque ele evita arrastar o pneu traseiro enquanto o dianteiro trava a moto. Essa é uma das muitas orientações repassadas no treinamento”, citou.

Empresas e indústrias com número considerável motociclistas, que atuam em diversas áreas, podem entrar em contato com o Setor de Educação de Trânsito da CMTU para fechar turmas exclusivas do treinamento. “O intuito é atender a comunidade, tirando dúvidas. Quem acabou de tirar a autoescola e ainda se sente inseguro a conduzir, pode fazer essa reciclagem. O treinamento em pista tem supervisão e segurança, vai aperfeiçoar a condução da motocicleta em área urbana. Tem simulação de quebra mola, freadas, e o condutor será muito bem coordenado de forma a aprender a fazer tudo corretamente”, finalizou o diretor de Trânsito da CMTU.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com o diretor de Trânsito da CMTU, Major Sérgio Dalbem, pelo 3379-7900.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos