Destaques

“Oitão” da Madre Leônia está em fase final e será concluído nesta semana

Após a inspeção das obras do "Oitão", os técnicos da Prefeitura de Londrina informaram que o serviço está praticamente pronto

Na manhã desta terça-feira (10), os secretários municipais de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, e de Obras e Pavimentação, João Verçosa e Silva, vistoriaram o andamento das obras do “Oitão” da Avenida Madre Leônia Milito; da trincheira na Avenida Rio Branco com a Avenida Leste-Oeste e do Bosque Central “Marechal Cândido Rondon”.

Secretário faz inspeção das obras do Oitão. Foto: Vivian Honorato

Após a inspeção das obras do Oitão, os técnicos da Prefeitura de Londrina informaram que o serviço está praticamente pronto, restando apenas a finalização de alguns detalhes, principalmente na área de responsabilidade do Shopping Catuaí. A intenção é que, até às 18 horas, desta quarta-feira (11), as obras sejam concluídas. “Essa é uma obra importante de mobilidade urbana, em um local onde passam muitos carros, e em uma região que cresceu muito. Estamos felizes com o resultado dela, que estará totalmente funcional a partir de amanhã”, disse o secretário de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada.

A obra consiste na construção de duas novas rotatórias interligadas, formando trajeto em número oito, na área do viaduto da PR-445 com a Avenida Madre Leônia Milito e Rodovia Mábio Gonçalves Palhano. A conexão permitirá o fluxo contínuo e o acesso a todas as direções a partir das rotatórias integradas. Dessa maneira, cada lado da rodovia terá uma passagem e o trânsito funcionará para quem deseja sair das avenidas para adentrar na rodovia PR-445, ou fazer o caminho inverso. Os recursos financeiros de cerca de R$ 1.000.000,00 são integralmente dos cofre públicos municipais. A empresa responsável pelo serviço é a TCE Engenharia.

Construção do túnel no cruzamento da Av. Rio Branco com a Av. Leste-Oeste. Foto: Vivian Honorato

Trincheira na Av. Rio Branco x Av. Leste-Oeste – Ao contrário da semana passada, quando os secretários municipais da Prefeitura de Londrina ficaram apreensivos com o andamento das obras, nesta vistoria de hoje (10), havia diversos operários e maquinários trabalhando no local. Ali, a Prefeitura de Londrina está construindo um túnel. Os motoristas que trafegarem pela nova Avenida Rio Branco passarão por dentro do túnel, enquanto os motoristas que dirigirem sobre a Avenida Leste-Oeste passarão por cima do túnel. Para que isso fique pronto e seguro, no momento, estão sendo erguidas as paredes da lateral do túnel.

Ao mesmo tempo, acontecem as obras de drenagem na Avenida Rio Branco. Ela tem o trânsito impedido para permitir a retirado do asfalto antigo e a implantação da tubulação para a drenagem das águas pluviais. Esse ponto está quase totalmente instalado e, no momento, está sendo feita a compactação do solo. Segundo Canhada, a expectativa é que, em poucas semanas, a área deva ser liberada com a estrutura de drenagem inteiramente refeita e a pavimentação asfáltica concluída. Essa melhoria do sistema de drenagem está sendo realizada desde a BR-369, sentido norte ao centro da cidade.

Foto: Vivian Honorato

Para tanto, a Prefeitura de Londrina está aplicando R$ 25 milhões nesta obra, que começou em janeiro de 2021, e terá 4.618 m² em contenção em concreto armado e 1.167 m² de pavimento novo, com mais de 6.600 toneladas de massa asfáltica aplicada. As melhorias incluem revitalização de galerias pluviais, pavimentação reforçada, ciclovia, novo sistema de drenagem e iluminação em LED.

Bosque – As obras do Bosque Central estão dentro do cronograma estipulado pela Prefeitura de Londrina. A novidade é que nesta sexta-feira (13) será interditada meia pista das Avenidas São Paulo e Rio de Janeiro. A medida é necessária para a retirada, com o uso de maquinários pesados, das guias da beira da calçada. No fim de semana, a meia pista da Av. São Paulo e da Av. Rio de Janeiro serão liberadas, mas elas voltarão a ser interditadas na segunda-feira subsequente. Elas devem permanecer assim por cerca de 15 dias.

Foto: Vivian Honorato

No local, após a retirada das guias, começará a execução da concretagem da travessia elevada, que exige a cura do concreto. A concretagem da segunda parte da travesseia elevada deve ser realizada a partir de 30 de agosto, com a posterior pigmentação e pintura para a sinalização viária. “Nós temos um compromisso com Londrina: o prefeito determinou que até dia 21 de setembro, Londrina vai ganhar essa obra. Ela tem o potencial de mudar a cara do centro da cidade, deixando nossa cidade mais linda do que ela já é. Mas, para isso, pedimos a paciência da população e apelamos para que as pessoas desviem o caminho e não passem pelas obras na Rio de Janeiro e na São Paulo”, lembrou Canhada.

Além disso, desde o dia 5 de agosto, os acessos internos dos pedestres à área central do Bosque Marechal Cândido Rondon estão interditados. A medida é necessária para evitar acidentes, pois as obras estão sendo feitas com máquinas de grande porte e com o uso de ferragens especiais. A revitalização do Bosque Central custará R$ 2,8 milhões.

Unidades de Saúde – Ontem (9), a Prefeitura de Londrina realizou o processo licitatório para as obras de reforma e troca de mobiliário de três Unidades Básicas de Saúde. São elas a UBS de Lerroville, UBS do Vivi Xavier e a UBS de Lerroville. As obras serão executadas com recursos próprios dos cofres públicos municipais. Para os trabalhos na Unidade Básica de Saúde da zona rural deve ser necessário 150 dias. Já para a execução das outras duas unidades será preciso 90 dias, a contar da assinatura da ordem de serviço. “Essas UBS já eram para estar prontas. Não houve problema por parte da Prefeitura, mas sim por parte da empresa que tinha ganhado a licitação. Por isso, fizemos uma nova e esperamos que em 30 dias possamos assinar a ordem de serviço”, disse o secretário de Planejamento, Marcelo Canhada.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Ana Paula Hedler

Gestora de Comunicação, formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, especialista em Comunicação com o Mercado pela Universidade Estadual de Londrina e Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos