Destaques

Projeto de Graffiti começa a transformar viadutos de Londrina em telas artísticas

O programa Caminhos de Graffiti é inédito na cidade, agregando a estilização de viadutos e oficinas gratuitas com vagas para jovens de baixa renda

Valorizar e dar destaque à arte do grafitti, colorir os corredores urbanos da cidade, incentivando a imaginação criadora por meio de intervenções artísticas e ações pedagógicas. Este é o cerne do projeto Caminhos de Graffiti, que teve sua primeira etapa lançada na tarde desta sexta-feira (25), em Londrina, no viaduto da rua Attílio Octávio Bisatto, próximo ao Terminal Rodoviário. O local já está recebendo a grafitagem, iniciada nesta semana, e começou a ganhar ‘cara nova’, chamando atenção de quem passa por ali.

A iniciativa, criada pela Secretaria Municipal de Cultura, resultará, inicialmente, na grafitagem de sete viadutos na abrangência da avenida Dez de Dezembro, com trabalhos realizados pela Associação Londrinense de Circo em parceria com o Coletivo CapStyle. O projeto conta com patrocínio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic) e integra a Fábrica – Rede Popular de Cultura, que distribui oficinas de criação e circulação cultural nos bairros, distritos e patrimônios.

Foto: Luciano Pascoal / divulgação

O objetivo é personalizar e transformar os viadutos urbanos em telas artísticas a serem apreciadas pela população e visitantes, tornando-os, assim, parte de uma cultura viva e atração turística em Londrina. Para isso, cada estrutura será pintada por diferentes artistas e com variadas abordagens temáticas, como forma de possibilitar um amplo leque de referências visuais e histórias para se comunicar com os observadores. Os temas serão inspirados na formação cultural da cidade, com suas etnias, história artístico-cultural e personagens culturais marcantes. O tema da intervenção no primeiro viaduto, da Rua Attilio Octavio Bizatto, é “Café”, trabalhado e conduzido pelo artista Huggo Rocha. Além da arte urbana, os viadutos receberão iluminação em LED.

Este projeto também prevê a criação de roteiro impresso, um documentário em vídeo sobre o processo de criação do graffiti e os locais transformados. Ainda deve ser criado um site com mapas para compilar e divulgar todas as imagens e informações ao público.

O prefeito Marcelo Belinati, um dos grandes incentivadores da elaboração do projeto Caminhos de Graffiti, enfatizou que esta iniciativa vem sendo desenvolvida com muito carinho e planejamento, agregando várias frentes, e agora começa a se tornar realidade. “Sou um fã e admirador da arte urbana do graffiti, essa linguagem cultural e artística tão bonita e pulsante, que exige muito talento, criatividade, dedicação e personalidade. O projeto vem para valorizar e dar visibilidade à cultura urbana de rua, mostrando todo o poder visual, social e comunicativo do graffiti”, destacou.

Marcelo ainda ressaltou que este trabalho engloba tanto o incentivo aos artistas para a transformação dos viadutos, como possui o caráter social com as oficinas pedagógicas gratuitas, abrindo oportunidades a jovens de baixa renda da periferia. “Estou muito feliz por ter feito parte da idealização deste programa e vê-lo sair do papel. É algo que será importante para a nossa cultura e renderá frutos positivos, principalmente por possibilitar aos jovens acesso a atividades produtivas e saudáveis”, completou.

Foto: Luciano Pascoal / divulgação

Segundo o secretário municipal de Cultura, Bernardo Pellegrini, Londrina tem forte potencial para se tornar uma referência nacional na valorização do graffiti como arte presente no cotidiano urbano. “Voltar o olhar e lançar luz à cultura popular, estimulando a diversidade artística e a inclusão, é de fundamental importância para a evolução de uma cidade como Londrina. A partir deste programa, que abre enormes possibilidades, começará a ser formada uma nova geração de artistas do graffiti. Teremos os viadutos ganhando vida nova e passando a se comunicar com a população, agregando temáticas diversas e elementos étnicos, sociais e da história da cidade. É muito bom ver uma garotada jovem se interessando pela arte e buscando aprender ou aprimorar seus talentos, isso deve ser valorizado e estimulado pelo poder público. Além disso, Londrina ganhará visibilidade e poderá utilizar este atrativo como um ativo turístico”, afirmou.

Pellegrini contou que, desde que foi convidado a assumir a pasta da Cultura, o prefeito Marcelo Belinati se mostrou um apoiador deste projeto. “Foi gratificante sentir o entusiasmo que ele tinha em participar da elaboração de um programa com essas características. Vamos nos empenhar para que o projeto possa crescer e se consolidar como referência. Além dos viadutos que passam pela Dez de Dezembro, estamos planejando levar essa arte a outros viadutos e pontos de Londrina”, adiantou.

Foto: Luciano Pascoal / divulgação

Oficinas – Para estimular e qualificar a criação das grafitagens, estão sendo feitas oficinas gratuitas de graffiti, ministradas pelo Coletivo CapStyle, voltadas ao aprimoramento da arte para iniciados nesta arte. Foram disponibilizadas 20 vagas para as oficinas e, dentro destas vagas, disponibilizadas 10 bolsas de incentivo para possibilitar a participação de jovens de baixa renda e que residem nos bairros periféricos.

O projeto Caminhos de Graffiti recebe patrocínio do Promic e foi selecionado por meio do Edital 007/2021, da Secretaria Municipal de Cultura. O valor destinado ao projeto é de R$ 280 mil.

Viadutos – Em um primeiro momento, o graffiti será feito em sete viadutos de Londrina, sendo o primeiro já iniciado na rua Attilio Octavio Bizatto. O trabalho no local deve durar cerca de 10 dias. Na sequência, o trabalho será realizado nos seguintes viadutos/datas previstas: avenida Celso Garcia Cid (8 a 13 de março); avenida Celso Garcia Cid (22 a 27 de março); avenida Santos Dumont (5 a 10 de abril); avenida Santos Dumont (19 a 24 de abril); avenida Juscelino Kubitschek (10 a 15 de maio); e avenida Dez de Dezembro (24 a 29 de maio).

Texto: Renan Oliveira e Dayane Albuquerque

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos