Destaques

CCI Oeste promove oficina de Afetos e Memórias Culturais a partir de segunda (22)

Atividade é gratuita e aberta a pessoas com idade a partir de 60 anos; serão realizados cinco encontros até maio, sempre às segundas-feiras, das 14h30 às 15h30

O Centro de Convivência da Pessoa Idosa da região oeste (CCI Oeste) oferece a partir da próxima segunda-feira (22) a oficina de Afetos e Memórias Culturais. Ao todo, serão realizados cinco encontros, sempre às segundas-feiras, das 14h30 às 15h30, na sede do CCI Oeste, localizada na rua Serra Pedra Selada, 111.

Em abril, os encontros acontecem nos dias 22 e 29, enquanto em maio serão nos dias 6, 13 e 20. Entre as atividades realizadas, estão rodas de conversa, dinâmicas de grupo e acolhimentos que abordarão questões referentes a memórias afetivas.

A oficina é gratuita, com 10 vagas disponíveis para pessoas com idade a partir de 60 anos. Para participar, é necessário realizar inscrição prévia através do telefone (43) 3375-0334 ou do número de WhatsApp (43) 3375-0307. Também é possível comparecer presencialmente ao CCI Oeste, que atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

A iniciativa é desenvolvida em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Campus Londrina (PUCPR – Londrina), e as ações serão ministradas por oito estudantes da instituição, matriculados nos cursos de psicologia, teologia e engenharia de software.

Trata-se de um Projeto Comunitário, sendo que as atividades práticas complementam a parte teórica da disciplina intitulada Eixo Humanístico, obrigatória para todos os estudantes de todos os cursos da PUCPR. Seu objetivo é permitir que os alunos atuem diretamente na sociedade, adquirindo experiência para além da sala de aula.

“Buscamos possibilitar que os estudantes possam intervir na sociedade de modo empático, solidário e propositivo”, aponta o analista da área de Identidade da PUCPR no campus de Londrina, Marcos Regazzo.

As atividades da disciplina têm duração total de 26 horas, com o cronograma da oficina sendo planejado pelos próprios alunos junto à coordenação das instituições parceiras. Hoje, o projeto comunitário tem parceria com 36 instituições, atendendo também iniciativas que contemplam crianças, pessoas em situação de rua, migrantes e vítimas de violência, com a atuação de aproximadamente 350 estudantes.

Texto: Gabriel Navas, sob supervisão dos jornalistas do Núcleo de Comunicação da Prefeitura de Londrina.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos