Cidade

Especial “Arte na faixa”

CMTU e artistas voluntários pintam desenhos em 7 faixas de pedestres em comemoração à Semana Nacional do Trânsito

FaixaArteDPNo último sábado e domingo um “mutirão de artistas” trouxe beleza e magia às vias do centro da cidade. Sete faixas de pedestres tornaram-se tela para uma edição especial da campanha “Arte na faixa” da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina (CMTU-LD), em comemoração à Semana Nacional do Trânsito.

Escolhidas propositalmente, pelo desrespeito em fazer a travessia no lugar correto, as faixas das ruas Souza Naves, Santa Catarina, alameda Manoel Ribas (2 locais) e avenida Celso Garcia Cid (2 locais) ganharam “vida” com personagens encantados, de uma menina que, ao dormir, sonha com os visitantes ilustres na cidade, contagiada por cores, tornando-se mais alegre e vibrante. “Para realizar esse sonho, dependemos de segurança. A representação dos desenhos conta um pouco dessa história, bem no centro da cidade, despertando as pessoas para que tenham mais prazer e mais atenção com aquilo que é diferente ao seu redor”, conta Danillo Villa, chefe da Divisão de Artes Plásticas da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Ao todo, 15 artistas participaram da ação, dentre alunos da UEL, professores, servidores e voluntários da CMTU. O trabalho, que ilustra uma garota, um cachorro, um gato, uma baleia, uma lagarta, uma folha, uma sereia e uma fada, foi intitulado como “Sonho de menina” e está atraindo os olhares dos pedestres. “Esse era o nosso principal objetivo: que as pessoas, curiosas pelo desenho da faixa, se direcionassem até ela para ver a arte e, então, atravessassem no lugar correto. Ficamos observando por um tempo e a experiência deu certo!”, incentiva Carlos Eduardo Ribeiro, coordenador de educação no trânsito da CMTU.

FaixaArteD3P

Para Hemerson Pacheco, diretor de trânsito da Companhia, além do caráter educativo da campanha, está o resgate do orgulho do londrinense e a união entre o poder público e a sociedade, já que a comunidade tem participado, ativamente, em prol da cidade. “Temos desenvolvido projetos que envolvem as pessoas; àquelas que desejam contribuir com o seu talento e disposição de alguma forma para promover Londrina. Este estímulo tem sido de fundamental importância e avaliamos positivamente os retornos das ações, assim como foi a parceria com os universitários de engenharia e de arquitetura e urbanismo, nas propostas de mobilidade urbana apresentadas na sexta-feira, ou com os idosos nas faixas de pedestres, também com as crianças das escolas municipais, dentre outros públicos”, explica Pacheco.

Esta é a 6ª edição da campanha ‘Arte na faixa’, a qual integra o programa “Londrina escolhe a vida”, lançado em setembro de 2014 com a proposta de conscientizar motoristas e pedestres por um trânsito mais humanizado, pacífico e seguro. Até o momento foram personalizadas as faixas das ruas Prof. João Cândido com a avenida Paraná, nas avenidas Santos Dumont, nº 1.000, Saul Elkind, nº 5.000, Adhemar Pereira de Barros, próximo a um hospital e Tiradentes, nº 155.

 

Fotos: divulgação/CMTU

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos