Destaques

Região norte terá centro exclusivo para atender casos de dengue

Secretaria do Idoso cedeu, de forma temporária, o espaço do CCI, para a Secretaria de Saúde atender os casos relacionados à dengue

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou diversas medidas para atender a população de maneira mais adequada, devido ao aumento de casos de dengue na cidade nos últimos dias. A principal delas diz respeito à abertura de um Centro Exclusivo de Atendimento Especializado para o tratamento dos casos de dengue, que funcionará, de forma temporária, no Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCI) da zona norte, localizado na Rua Luiz Brugin, 570, Conjunto Maria Cecília.

A ação é uma parceria com a Secretaria do Idoso e os atendimentos devem iniciar no início de março, após a contratação de novos profissionais da saúde, por meio de teste seletivo. O centro funcionará de segunda a segunda, ou seja, de forma ininterrupta, das 7 horas a 1 hora da manhã, com três médicos por período. Os idosos terão atendimento prioritário no local.

O prefeito Marcelo Belinati enfatizou que a prefeitura tem feito todos os esforços, no sentido de combater a dengue. “Só conseguiremos vencer este problema se houver união entre o poder público, instituições e a população. Nós estamos trabalhando na conscientização, prevenção e dando a retaguarda necessária para dar atendimento adequado à população acometida pela doença”, disse, durante coletiva de imprensa realizada na sede da Prefeitura, na tarde desta quarta-feira (19).

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, analisa que transformar temporariamente o CCI Norte em um centro de atendimento para os casos de dengue vai proporcionar redução no número de pacientes que estão buscando o atendimento no pronto atendimento do Maria Cecília”, explicou o secretário.

A secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini Danelon, apontou que é hora de todos se unirem na luta contra a dengue, por isso a decisão de ceder o espaço do CCI Norte para atender os casos de dengue. “Sabemos que os próprios idosos atendidos no Centro podem vir a precisar destes atendimentos, assim como seus familiares. É importante lembrar que os idosos não terão prejuízo nas atividades realizadas, pois estamos procurando parceiros próximos para que atendam as ações do CCI durante este período”, afirmou.

Foto: Emerson Dias

A prefeitura anunciou também que haverá atendimento exclusivo para dengue na UBS da Vila Casoni, a partir de amanhã (20), de segunda a sexta das 7 às 23 horas, e aos sábados das 7 às 19 horas. Os atendimentos da Atenção Básica desta unidade serão deslocados para as UBS do Lindóia, no caso dos moradores do Ideal, e a população da Vila Casoni será atendida na UBS do Centro Social Urbano (CSU).

Mudanças também na UBS do Aquiles, já a partir de hoje (19). Pela manhã a unidade continua realizando os atendimentos eletivos agendados e a partir das 13 horas, a assistência na UBS passa a ser exclusiva para os casos de dengue. A equipe médica da unidade foi reforçada com três médicos plantonistas, para atender estes casos.

Já a UBS da Vila Ricardo volta com o atendimento normal, de segunda a sexta, das 7 às 19 horas. A unidade do Parigot atenderá também aos sábados, exclusivamente para os casos relacionadas à dengue, das 7 às 19 horas.

O município também reforçou as equipes das Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), aumentando a capacidade de atendimento e a infraestrutura, com um médico a mais, que atenderá das 10 às 22 horas, com o objetivo de fazer a análise de resultado de exames que ficam acumulados durante a madrugada e no decorrer o dia. Além disso, cada unidade está contando com quatro leitos e 16 poltronas a mais de hidratação, para atender os cerca de 1 mil atendimentos diários em cada UPA.

Carnaval – Durante a coletiva, também foi anunciado como ficam os atendimentos durante o carnaval. Embora seja ponto facultativo e feriado na segunda (24) e terça-feira (25), respectivamente, o município determinou a abertura de seis UBSs nestes dois dias, as quais atenderão das 7 às 19 horas, exclusivamente para os casos de dengue. São elas: UBSs do Aquiles, Parigot, Vila Casoni, Alvorada, Vila Ricardo e Itapoã. Lembrando que as UPAS funcionam normalmente, assim como as unidades de pronto atendimento.

Mutirão – Os mutirões de combate à dengue prosseguirão na cidade, de forma intensificada, inclusive durante a semana. Neste sábado (22), a partir das 8 horas, haverá mutirão no Conjunto Luiz de Sá, região norte. “Estes mutirões surtem um efeito excelente, uma vez que 90% dos focos do Aedes aegypti se encontram nas casas das pessoas e nos quintais. Nestas ações conseguimos recolher grande quantidade de materiais inservíveis das casas, que são potenciais criadouros do mosquito da dengue”, ressaltou o secretário de Saúde.

Divulgação – Secretaria de Saúde

Boletim da dengue – A Secretaria divulgou o boletim com os dados atualizados sobre a situação da dengue em Londrina. Do início do ano até agora, foram computados 7.074 casos notificados de dengue, dos quais 1.663 foram confirmados, 268 descartados, e 5.144 estão em análise, aguardando o resultado de exames laboratoriais.

Etiquetas
Mostrar mais

Dayane Albuquerque

Gestora de Comunicação - Jornalista Prefeitura Municipal de Londrina

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos