Destaques

Simulação de combate a incêndio mobiliza cerca de 600 pessoas no prédio da Prefeitura

Realizada nesta terça-feira (7), ação foi coordenada por servidores brigadistas, equipe de segurança do trabalho da SMRH, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Guardas Municipais

Na tarde desta terça-feira (7), foi realizado um simulado de evacuação e combate a incêndio no prédio administrativo da Prefeitura de Londrina. A ação envolveu servidores brigadistas, equipe de segurança do trabalho da Secretaria Municipal de Recursos Humanos (SMRH), agentes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), Corpo de Bombeiros e a Guarda Municipal de Londrina.

Foto: Emerson Dias / NCom

Aproximadamente 600 pessoas estavam dentro do prédio, foram conduzidas e se concentraram nos dois pontos de encontro estipulados pelos brigadistas. O tempo total de evacuação foi de 7min30s. A chegada do caminhão dos Bombeiros aconteceu oito minutos após o disparo do alarme de incêndio. O tempo total de simulação foi de, aproximadamente, 15 minutos.

Durante a ação, a Defesa Civil verificou os procedimentos executados pelos integrantes da Prefeitura como, por exemplo, a ação dos brigadistas no que se refere à evacuação correta e ordenada dos servidores e cidadãos que estavam no prédio, principalmente em relação às pessoas com necessidades especiais.

Foto: Bruno Amaral / Defesa Social

A secretária municipal de Recursos Humanos, Julliana Faggion, participou da atividade e lembrou que esta é a segunda simulação avisada que a SMRH realiza. “Após a recente reforma,  o prédio foi 100% adaptado no que se refere às rotas de fuga. O intuito de fazer essas ações é levar o treinamento à exaustão para que as pessoas saibam o que fazer. Existem casos em que a pessoa precisa enfrentar o fogo para sobreviver, e isso que estamos fazendo é para ensinar as pessoas como proceder”, concluiu.

A gerente de Segurança e Saúde Ocupacional da SMRH, Luciana Aparecida, integra a Brigada de Incêndio e avaliou a atividade como positiva. “Apenas através de uma simulação como essa é que podemos medir o comportamento dos servidores e dos munícipes que estão aqui presentes nos atendimentos”, pontuou.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos