Cidadão

Prefeitura lança série virtual sobre as pessoas e a tecnologia

Transformação Digital trará diferentes personagens para provocar o debate e a reflexão sobre a tecnologia da informação e tem o objetivo de fomentar esse mercado de trabalho

A Prefeitura de Londrina lançou, na quarta-feira (27), a série “Transformação Digital: Por Pessoas e Para Pessoas”. A iniciativa tem o objetivo de humanizar os processos de tecnologia e mostrar para o trabalhador que o setor de TI é acessível para todos que desejem seguir essa carreira. O episódio está disponível no canal do Youtube da Prefeitura e nas redes sociais da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda.

Reprodução

A intenção da série é provocar uma reflexão sobre tudo que envolve a área de tecnologia e mostrar que, mais do que sistemas, é uma área que tem as pessoas como pilar. A partir desse despertar, a intenção é que, ao assistir a série, mais pessoas se interessem em fazer carreira nessa área e a demanda reprimida do setor comece a ser preenchida.

Para isso, a Prefeitura reuniu diferentes personagens no episódio. Cada um deles tem uma relação com a tecnologia e está em um estágio diferente de carreira. São histórias que conversam entre si e que vão dar um panorama completo de como essa área é abrangente e tem espaço para ser explorada.

Foto: Emerson Dias / NCom

O secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, reforçou qual é a intenção da série. “Temos tido contato com diferentes atores do nosso ecossistema de inovação, empresas, poder público, instituições de ensino. Ouvimos todos e entendemos que o primeiro passo para que essa lacuna que vem se formando entre as oportunidades do setor e pessoas interessadas em preenchê-las é promover o reconhecimento. Hoje, quando os trabalhadores olham para a TI, eles não se veem trabalhando nisso. A série vem para quebrar esse paradigma”, explicou.

Santos contou sobre como a ideia surgiu. “Nós temos discutido há meses a questão da tecnologia e como ela impacta as relações de trabalho no Conselho Municipal do Trabalho, Emprego e Renda. Essas conversas reverberaram e entendemos que precisávamos ampliar ao máximo a discussão sobre isso. Tivemos a sorte de encontrar ótimas pessoas nesse caminho e construir uma visão ampla sobre a tecnologia. Agora, é propagar tudo que existe de possibilidade no setor e demonstrar, na prática, que ele é para todos”, concluiu.

Reprodução

O diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Roberto Moreira, destacou o movimento do poder público para impulsionar o setor. “Com a Prefeitura desmistificando essa visão que a grande maioria das pessoas têm sobre a tecnologia, com certeza vamos conseguir furar essa bolha e começar a atender a demanda crescente do mercado. A SMTER atende centenas de trabalhadores, de todos os perfis, e levar a informação de que existem funções de todos os tipos, inclusive de primeiro emprego e início de carreira, no setor de tecnologia é quebrar essa barreira, permitir que as pessoas conheçam melhor o setor e se encontrem na TI”, pontuou Moreira.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos