Destaques

Famílias começam a receber as chaves das casas do Residencial Bem Viver Londrina

Empreendimento habitacional na zona norte, que contempla 866 famílias, foi viabilizado pela Pacaembu Construtora em parceria com a Cohab Londrina, Cohapar, Caixa Econômica e Governo Federal

O prefeito de Londrina em exercício, Jairo Tamura, participou, nesta quarta-feira (7), do início da entrega das chaves das casas do Residencial Bem-Viver, empreendimento da Pacaembu Construtora viabilizado em parceria com a Companhia de Habitação de Londrina (Cohab-Ld), Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Caixa Econômica Federal e governo federal.

No total, o empreendimento, que consiste em um novo bairro na zona norte, contabiliza 866 imóveis. As 279 casas do módulo 1 foram entregues hoje, e as próximas ações contemplarão 309 famílias na sexta-feira (9) e 278 no domingo (11), sempre das 9h às 17h.

Com um investimento de R$ 115,2 milhões, o empreendimento é destinado a famílias com renda mensal a partir de R$ 1.600,00, que puderam contar com subsídios de até R$ 36 mil por meio dos programas habitacionais dos governos federal e estadual. Os imóveis foram financiados em até 360 meses, através da Caixa Econômica, e a Prefeitura concedeu aos moradores a isenção do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Prefeito de Londrina em exercício, Jairo Tamura. Foto: Emerson Dias/NCom

De acordo com o prefeito de Londrina em exercício, Jairo Tamura, é uma grande honra para o Município poder contribuir para a viabilização do sonho da casa própria de quase 900 famílias. “Para essas famílias, essa entrega é como um presente de Natal, que representa a esperança de uma vida melhor e de um futuro melhor”, frisou.

Os terrenos do novo bairro possuem tamanho padrão de 160m², com 46,27m² de área construída. As casas não geminadas ficam isoladas no lote, permitindo sua expansão. Cada imóvel tem sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço coberta, com piso cerâmico em todos os ambientes, além de quintal e espaço para veículo. Além disso, o residencial tem infraestrutura completa, com ruas asfaltadas, iluminação pública, rede de água e esgoto, calçadas, parquinho infantil e equipamentos públicos em suas proximidades.

Diretor de Negócios da Pacaembu Construtora, Frederico Escobar, e o presidente da Cohab Londrina, Bruno Ubiratan. Foto: Emerson Dias/NCom

Conforme o presidente da Cohab-Ld, Bruno Ubiratan, através da parceria firmada, a Prefeitura isentou a Pacaembu Construtora do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) durante o período de obras. “A parceria entre a Prefeitura de Londrina, Governo do Estado do Paraná, Caixa Econômica e Governo Federal trouxe ótimos resultados, e hoje o valor da parcela mensal desses imóveis é menor do que o valor de muitos aluguéis. Temos vários projetos habitacionais em andamento, várias construtoras privadas estão nos procurando e, no momento, aguardamos para ver qual será o rumo do novo governo federal, para saber quais serão as políticas de habitação de que poderemos ser parceiros”, disse.

O diretor de Negócios da Pacaembu Construtora, Frederico Escobar, salientou que esta é a primeira entrega de um empreendimento habitacional realizado pela empresa no estado do Paraná. “É um resultado fantástico, dentro do nosso padrão de qualidade, trazendo uma moradia digna a preços acessíveis, para que as pessoas possam viver bem. O nosso produto já é testado e vem sendo aperfeiçoado há 30 anos. São casas com piso cerâmico em todos os ambientes, ventilação cruzada e muito espaço no quintal para que as famílias possam personalizar como desejarem, podendo construir mais um quarto, ampliar a cozinha ou fazer uma área de lazer, por exemplo”, afirmou.

Secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada. Foto: Emerson Dias/NCom

Para o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, além do aspecto social, essa iniciativa também trará consequências positivas para a economia londrinense. “Esse empreendimento cumpre um papel social importante, que é oferecer às famílias a oportunidade de morar com qualidade e segurança, por um valor que cabe no bolso do trabalhador. Além disso, vai contribuir para aquecer a economia da cidade como um todo, pois as pessoas vão fazer reformas, ampliar e mobiliar suas casas, e esses investimentos aumentam a arrecadação de impostos e geram empregos. Londrina está no caminho certo, e continuaremos a conduzir políticas públicas com impacto positivo na área da habitação social”, salientou.

O trabalhador do setor de transportes Paulo Henrique Moreira Ferreira recebeu a chave de sua casa hoje, juntamente com sua esposa, a diarista Lucimar Barbosa de Godoy, e o filho do casal, Pedro Henrique Moreira de Godoy. Ferreira contou que a família atualmente mora no Jardim Nova Esperança, na zona sul, e está muito feliz com a nova casa, que achou muito bonita. “O sonho da vida de um casal e ter um lar próprio, sem ser de aluguel, construir uma família e poder viver sem depender dos outros. Por isso, esse incentivo é tudo para a gente”, disse.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos