Cidadão

Procon-LD dá dicas para consumidores que vão viajar nas férias de julho

Para que tudo transcorra bem, o órgão alerta que é importante ter cautela no planejamento da viagem

As férias de julho chegaram e, nesse período do ano, muitos se preparam para viajar e curtir alguns dias de descanso. Porém, para evitar transtornos, é preciso ter cautela na hora de planejar a viagem. Para que tudo saia como desejado, o Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina (Procon-LD) separou algumas dicas para que os consumidores fiquem atentos na hora de se organizar.

Foto: Emerson Dias / N.Com

O diretor-executivo do Procon-Ld, Thiago Mota, enfatizou que planejar o destino e o orçamento de uma viagem com antecedência evita decisões ‘em cima da hora’ que podem comprometer o orçamento. “É importante estimar gastos com combustível, preço dos passeios, alimentação ou até mesmo o valor das passagens e hotéis”, orientou.

Com relação a pacotes de turismo, antes de contratar um serviço é essencial pesquisar sobre a reputação da empresa. É preciso ficar atento ao que é ofertado no pacote (nacionais, internacionais, e individuais ou coletivos), e guardar todos os materiais publicitários relacionados à compra do pacote de viagem ou passagem aérea (recortes de jornais, revistas, “prints” de sites, e-mails trocados durante a negociação).

Quanto aos casos de bagagem extraviada em viagens de ônibus, a empresa é responsável pela bagagem e deve entregá-la em até sete dias. Para as bagagens extraviadas em viagens de avião, a empresa tem de 7 a 21 dias para localizar a bagagem. Quando a bagagem não é encontrada, a empresa deve indenizar o passageiro (é importante guardar os comprovantes de despacho e compra da passagem para registrar a reclamação e calcular a indenização).

Mais dicas

Voos – Se o voo for cancelado ou houver atraso, mesmo que por problemas de condições climáticas, as companhias aéreas devem prestar assistência aos consumidores. No caso de atraso de uma hora, o consumidor tem direito à utilização de canais de comunicação, como internet e telefone. Em atrasos de duas horas, a empresa deve oferecer alimentação adequada. Nos atrasos superiores a quatro horas, o consumidor tem direito a serviço de hospedagem.

Hospedagem – Após a escolha do estabelecimento, solicite a confirmação da reserva por e-mail. Confirme os horários de início e término da diária e se há refeições inclusas. Todas as condições estabelecidas e oferecidas devem estar registradas em contrato. Para maior segurança, é bom levar a cópia do e-mail de confirmação das condições contratadas.

Caso o consumidor tenha algum direito violados, é possível formalizar reclamação junto ao Procon Londrina, que fica na rua Piauí, nº 1.117, Centro. Além da forma presencial, as denúncias podem ser feitas pelo e-mail procon@londrina.pr.gov.br e pelos telefones (43) 3372-4823, 3372-4824 e 3372-4825. O órgão funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Etiquetas
Mostrar mais

Dayane Albuquerque

Gestora de Comunicação - Jornalista da Prefeitura Municipal de Londrina, especialista em Comunicação Organizacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos