Cidadão

Biblioteca da zona sul realiza contação de história nesta quinta-feira (31)

Atividade é gratuita e aberta a toda comunidade, tendo como público-alvo crianças de 6 a 10 anos

Na próxima quinta-feira (31), às 9h, a Biblioteca Pública Municipal Eugênia Monfranati (Zona Sul), em parceria com a rede intersetorial Sul A e a Escola Municipal Irene Aparecida da Silva, realiza a contação de história do livro infantil “Rinocerontes não comem Panquecas”, de Anna Kemp. A atividade é gratuita e aberta a toda comunidade, tendo como público-alvo crianças de 6 a 10 anos. Não é necessário fazer inscrição prévia para comparecer e a duração será de 1 hora. A biblioteca fica na Avenida Guilherme de Almeida, 2.260, região sul.

A narração será feita pela professora Joelma Ribeiro Betetto, da Escola Municipal Irene Aparecida da Silva. Segundo a professora, iniciativas como esta são importantes porque os alunos passam a vivenciar a importância do exercício da escuta. “A ideia é oferecer, de forma periódica, atividades de contação de histórias para o público infantil, estimulando o interesse à leitura”, ressaltou.

Para coordenadora de Atendimento, Programação e Extensão da Diretoria de Bibliotecas Municipais, Tatiane Batista dos Santos, o objetivo é que as bibliotecas interajam com a comunidade, sejam espaços de pertencimento e de estimulo à leitura. “Atividades como essa contribuem para que isso aconteça, trazendo as crianças e a sociedade para dentro de nossos espaços”, destacou.

O livro “Rinocerontes não comem Panquecas”, conta uma história divertida de uma menina muito esperta, chamada Daisy, e de seu mais novo amigo: um rinoceronte grande, roxo e muito, muito fofo. O pai e a mãe de Daisy estão sempre muito ocupados para ouvir o que ela tem a dizer. Certo dia, quando ela conta que um rinoceronte grande e roxo entrou na casa deles e deu uma mordida na sua panqueca, nenhum dos dois deu a menor bola. Daisy, então, decide enfrentar sozinha aquela situação e, depois de muitas pizzas, cócegas e panquecas, papai e mamãe têm uma surpresa daquelas e percebem que devem prestar mais atenção ao que Daisy diz.

Texto: Daiane Dutra, sob orientação dos jornalistas do Núcleo de Comunicação (N.Com) da Prefeitura de Londrina

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos