Destaques

Prefeitura realiza II Encontro Regional de Assistência Social, Idoso e Saúde

Objetivo é dar continuidade no fortalecimento do trabalho intersetorial; foram disponibilizadas 250 vagas para participantes oriundos dos serviços das três secretarias

A Prefeitura de Londrina realizará o II Encontro Regional de Assistência Social, Idoso e Saúde: Caminhos para atuação conjunta, nesta quinta-feira (9), das 18 às 22h, e na sexta-feira (10), das 8h às 17h. O encontro é uma iniciativa das secretarias municipais de Assistência Social, Idoso e Saúde, e irá ocorrer na Unicesumar, localizada na avenida Santa Mônica, 450.

O evento tem por objetivo dar continuidade no fortalecimento do trabalho conjunto, bem como aprofundar o debate sobre a temática da intersetorialidade e a necessidade de políticas públicas cada vez mais articuladas. Durante o encontro, estarão presentes profissionais de diferentes órgãos da rede de serviços intersetoriais, que terão a oportunidade de demonstrar todo o trabalho executado por essas unidades.

O público-alvo são profissionais da rede de serviços socioassistenciais, serviços de saúde e voltado a pessoas idosas, entre outros; e profissionais do Sistema de Garantia de Direitos, de Londrina e região. Foram disponibilizadas 250 vagas para esses participantes e o evento será aberto, inclusive, aos servidores de outros municípios, sendo que as vagas para essas cidades foram direcionadas pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) do Paraná e pelo Conselho Regional de Secretários Municipais de Saúde (Cresems). Para participar é necessário efetuar inscrição no site da Escola de Governo de Londrina (clique aqui).

Foto: Emerson Dias / NCom

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Jacqueline Marçal Micali, o primeiro encontro, realizado em 2022, foi um sucesso, e por isso a Prefeitura espera que a segunda edição alcance o mesmo êxito. “Nesta edição vamos mostrar as boas práticas relacionadas aos avanços que estão acontecendo entre estas três políticas e, também, pensar em como podemos continuar avançando junto a um público que é transversal, da Assistência, Saúde e Idoso. Esperamos que essa seja uma troca de experiências bem rica, visando ampliar as perspectivas daqueles que participarem”, apontou.

Foto: Emerson Dias / NCom

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, disse que há uma grande expectativa para a realização deste evento. Para ele, esta parceria intersetorial é muito importante entre as secretarias envolvidas tem dado muito certo. “Desde o início da gestão do prefeito Marcelo Belinati, uma das suas orientações foi para que trabalhássemos em conjunto, em rede, de forma articulada, sempre pensando nas pessoas. E estas três políticas são voltadas diretamente para as pessoas, a fim de melhorar a vida do nosso paciente, do cidadão. E estes encontros vêm para reforçar toda esta articulação de rede, para que possamos ter este momento de discussão de casos, de aperfeiçoamento de ações e de troca de experiências com outros municípios”, frisou.

Machado também ressaltou a participação especial, no primeiro dia do encontro, do médico psiquiatra Marcelo Kimati, um profissional do Governo Federal que já atuou no Ministério da Saúde (MS) e possui grande experiência na área. “Quando relatamos para ele todo o trabalho e o desenvolvimento que é realizado em Londrina, prontamente ele se dispôs a estar conosco, trazendo a visão do MS e das novas políticas que devem ser implantadas. Com isso, paralelamente, poderemos construir, cada vez mais, cenários que possam atender a demanda da nossa população”, enfatizou.

Foto: Emerson Dias / NCom

Para a secretária municipal do Idoso, Andrea Ramodini Danelon, a integração das políticas públicas é fundamental para proporcionar mais qualidade de vida à população. “Londrina tem mais de 100 mil idosos, de acordo com o IBGE, e eles são o público das secretarias do Idoso, Assistência Social e Saúde, por isso a importância de ações integradas. Além disso, nesta semana foi divulgado, pelo Instituto de Longevidade, que a cidade de Londrina está no 9° lugar no Brasil, em um ranking nacional de 326 cidades. Isso mostra que Londrina vem se consolidando como uma cidade melhor para viver e também para envelhecer. Este resultado se deve ao conjunto de políticas públicas executadas na cidade, que envolve qualidade de vida e proteção social. Neste evento estamos propondo um olhar integrativo e planejando as ações para os grandes desafios das questões sociais e da longevidade”, contou.

Programação – O primeiro dia do encontro, na quinta-feira (9), será dividido em diversos momentos. Às 18h haverá uma acolhida e apresentação cultural; o credenciamento; a recepção e Coffee Break. Na sequência, às 19h15, a abertura oficial com o pronunciamento de autoridades. Das 20h15 às 21h15, os participantes acompanharão uma palestra com o tema “Desafios e possibilidades para uma atuação conjunta”, ministrada pelo médico psiquiatra Marcelo Kimati, que também é professor de saúde coletiva na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Marcelo Kimati atuou como assessor técnico na Coordenação de Saúde Mental do Ministério da Saúde, diretor de saúde mental de Curitiba e assessor de Relações Institucionais da diretoria de saúde mental no Ministério da Saúde. Atualmente é coordenador do programa de saúde mental e trabalho na Fundacentro, vinculada ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Após a palestra, será aberto um debate, das 21h15 às 22h.

No segundo dia, às 18h15, haverá uma explanação de cada secretaria (Assistência Social, Idoso e Saúde) sobre o tema “Trabalho Intersetorial: Impactos Desafios e Avanços”, onde será dado um panorama geral do que foi feito por cada pasta e as ações realizada em conjunto.

Das 10h às 11h30, haverá uma mesa-redonda com o tema “Intersetorialidade e Demandas Sociais Emergentes”, com a participação dos psiquiatras do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas de Londrina (CAPS AD), Edilson Augusto de Amorim Pereira e Nicole Gonzales Storti. O período da tarde, a partir das 13h30, será dedicado à seis minicursos simultâneos, conforme a programação abaixo:

13h30 às 16h  Minicurso (minicursos simultâneos)                                                                             Cada participante deverá escolher somente 1 (um) minicurso
 

HORÁRIO

TEMA RESPONSÁVEL
 

MINICURSO 1

 

O respeito TRANSforma     

 

Acesso à população LGBTQIA+ com foco em pessoas trans e travestis

1. Conceitos básicos e sexualidade

2. Direitos e legislação

3. Acesso e acolhimento

4. Processo de hormonização

5. Saúde mental

6. Práticas para afirmação de gênero

                 

 

Dra. Beatriz Zampar

Médica de família e comunidade, Palitivista, Responsável Médica pelo Ambulatório Trans de Londrina. Mestre e Doutoranda em Saúde Coletiva. Servidora Municipal e Docente da UEL

 

MINICURSO 2 Intersetorialidade dos Programas e Serviços de Atenção à Pessoa Idosa – Relato da experiência conjunta Saúde (eMult) e Idoso (Centro de Convivência da Pessoa Idosa) Região Oeste.

Apresentação dos Programas e Serviços; Os desafios e conquistas do Trabalho Intersetorial.

 

Rosely Sonoda Gomes – Assistente Social e Coordenadora do Centro de Convivência da Pessoa Idosa Leste.

 

Geder Harami Harami –  Profissional de Educação Fisica do eMult Região Oeste

MINICURSO 3 Intervenção verbal em situações de crise  na saúde Aline Malheiros Pereira

Bruna Sayumi Ueno Rocha

Residentes em Enfermagem Saúde Mental da UEL

 

MINICURSO 4 Ferramentas de Cuidado em Saúde Mental Sérgio Fuji

Psicólogo do Serviço de Saúde Mental Volante da Secretaria Municipal de Saúde de Londrina

 

Maikon Rosa dos Santos

Enfermeiro do Serviço de Saúde Mental Volante da Secretaria Municipal de Saúde de Londrina

MINICURSO 5  

O Lado prático da redução de danos

 

1. Conceitos básicos e história da redução de danos

2. Fisiologia da adição, fatores de risco e traumas emocionais

3. Políticas proibicionistas

4. Aplicações da redução de danos para pessoas em situação de rua

5. Panorama da RD no Brasil em dias atuais

 

Dr. Pablo Henrique  Fernandes Costa Colette Bordão

Médico

MINICURSO 6  

Institucionalização: conceitos, prevenção, impactos e desafios

 

Ana Carolina Ferreira

Psicóloga na Rede socioassistencial e coordenadora da República Moderada Masculina dos Serviços de Alta Complexidade da Proteção Social Especial

16h00 Coffee
17h00 Encerramento

Dúvidas e outras informações sobre o evento podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Assistência Social, com Sara (telefone 3378-0024); na Secretária de Saúde, com Rosilene (3372-9434) e na Secretaria do Idoso, com Cleir (3376-2648).

Etiquetas
Mostrar mais

Dayane Albuquerque

Gestora de Comunicação - Jornalista da Prefeitura Municipal de Londrina, especialista em Comunicação Organizacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos