Cidadão

Semana da Leitura traz universo dos livros para escolas e CMEIs

Comemorada oficialmente na segunda semana de outubro, programação inclui contação de histórias e produção de textos autorais

Escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) comemoram, durante a segunda semana de outubro, a Semana da Leitura. Com várias atividades especiais nas unidades escolares, a programação busca incentivar o hábito da leitura com contação de histórias, bate-papo sobre autores e personagens literários famosos, e também promovendo a produção autoral entre os alunos.

A Semana da Leitura foi instituída pela Lei Municipal nº 11.292, de 2011, e amplia a celebração do Dia Nacional da Leitura, 12 de outubro. A equipe de Língua Portuguesa e o projeto Palavras Andantes da Secretaria Municipal de Educação percorrem as escolas municipais e CMEIs de Londrina, com narrativas que encantam as crianças e trazem novas ideias aos profissionais da rede municipal.

Algumas unidades já estão realizando sua Semana da Leitura. Nesta sexta-feira (4), o Projeto Palavras Andantes estará na Escola Municipal Professor Juliano Stinghen. A partir das 13h30, alunos de todas as turmas vão conhecer a história da autora brasileira Cora Coralina, e alguns de seus livros. O endereço é Rua Geraldo Gonçalves da Costa, 317, Conjunto Parigot de Souza II.

Segundo a coordenadora do Palavras Andantes, a professora Márcia Batista de Oliveira, mais do que levar histórias e livros para os alunos, para fomentar a leitura também é preciso fazer as mediações. “Nosso trabalho não é só contar ou narrar histórias, mas também discutir a leitura com os alunos, levar até eles o nome de autores diferentes. Explicar quem foi esse autor ou autora, contextualizar a história, como ela foi desenvolvida, e estabelecer questionamentos para que o aluno consiga expressar como ele se sentiu com essa leitura”, destacou.

A professora e coordenadora do projeto explicou que a Semana da Leitura é uma espécie de culminância das atividades promovidas no decorrer do ano letivo, e que incluem a formação dos professores. “São várias frentes de trabalho. O Palavras Andantes está na rede municipal desde 2002, com idas nas escolas para contar histórias e estímulo aos professores. É um árduo trabalho, com ministração de cursos e formações para professores das bibliotecas. A Educação conta também com o Clube de Leitura, aberto a todos os professores que atuam no Município, e que faz dois encontros mensais para discutir a literatura infantil, geralmente às terças e quartas. Nos preparamos muito, fazemos muitas leituras e discussões, para levar o melhor que nós podemos aos alunos e aos professores”, citou.

Para Márcia, desenvolver o hábito e o gosto pela leitura é algo que oferece inúmeros benefícios para as crianças. “Contribui na formação do aluno de forma integral, na interpretação de texto e imagem, e no crescimento pessoal. A criança que lê tem acesso a outros lugares e personalidades, isso a enriquece como pessoa e mostra um universo vasto, que vai além da sua rotina. Ler permite que a criança vá a outros países sem sair do lugar. Nossa proposta, algo que sempre falamos nos cursos, é de tirar a literatura do papel e passar para a vida. E é isso que fazemos”, frisou.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Educação, pelo telefone 3375-0276.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos