Cidadão

Município sedia o XVII Encontro Paranaense de Educação Ambiental

O objetivo é fortalecer redes de pesquisas e ações em torno da causa, promovendo a troca de conhecimentos

De 15 a 17 de outubro, será realizada a 17ª edição do Encontro Paranaense de Educação Ambiental (EPEA),  no campus da Universidade Estadual de Londrina (UEL). A Prefeitura é parceira da realização, por meio da Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA), do evento que traz o tema os 20 anos da Política Nacional de Educação Ambiental

A abertura do EPEA será na terça-feira (15), às 19 horas, no Anfiteatro Cyro Grossi, com uma palestra sobre “Estudos Ambientais do Clima na Perspectiva da Contemporaneidade: Contribuições para a Educação Ambiental”. O tema será trabalhado pelo coordenador-geral do Clima do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Márcio Rojas Cruz.

A ação é direcionada a estudantes e educadores, gestores e servidores de órgãos públicos e privados, empresas de natureza diversa, coletivos, movimentos e organizações socioambientais, profissionais da educação e áreas similares, além de toda a comunidade interessada em promover ou conhecer ações e teorias sobre educação ambiental.

O objetivo do evento é fortalecer redes de pesquisas e ações, promovendo a troca de conhecimentos. A programação conta com conferências, mesas de debates, apresentação de trabalhos acadêmicos, relatos de experiências sociais e comunitárias, oficinas, minicursos e exposições diversas. Simultaneamente, será realizado o IV Colóquio Internacional em Educação Ambiental, com o tema “Educação Ambiental no Mundo: Diferentes Realidades”, e a II Mostra Paranaense de Educação Ambiental, que terá stands com exposições de trabalhos de parceiros do evento, além da Biblioteca Móvel da SEMA.

“Esse é um evento tradicional que vem crescendo nos últimos anos, recebendo a visita de participantes de outros estados do Brasil. Agora, com o Colóquio Internacional, também irá receber pessoas de outros países que virão para apresentar e divulgar suas ideias”, ressaltou a gerente de Educação Ambiental da SEMA, Queila Spoladore.

Outras ações – A Diretoria de Bem-Estar Animal da SEMA também estará presente na Mostra de Educação Ambiental, oferecendo um compilado das ações realizadas pelo setor. “Estaremos disponibilizando banco de ração para quem deseja doar e fazendo o cadastramento de quem deseja receber. Vamos atender denúncias de maus-tratos, dar orientações sobre posse responsável e também sobre os animais sinantrópicos, que são aqueles que vivem na cidade, como o gambá, por exemplo. O objetivo é ensinar como lidar com esses animais e o que é preciso fazer para criar condições para que eles não entrem em casa ou para que saiam sozinhos, sem causar estresse”, contou a diretora de Bem-Estar Animal, Graziella Santana Damante.

Realização – O XVII Encontro Paranaense de Educação Ambiental é uma parceria entre a Secretaria Municipal do Ambiente (SEMA), Universidade Estadual de Londrina (UEL), Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Núcleo Regional de Educação (NRE), Associação Norte Paranaense de Engenheiros Ambientais (ANPEA), Faculdade Teológica Sul Americana (FTSA), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Campus Londrina, UNIMED Londrina, Cooperativa Agroindustrial Integrada, Fundo Estadual do Meio Ambiente do Paraná (FEMA), Fundo Municipal do Meio Ambiente de Londrina, Laboratório de Biodiversidade e Restauração de Ecossistemas (LABRE), e Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (SEDEST).

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com a gerente de Educação Ambiental da SEMA, Queila Spoladore, no telefone 3372-4769.

Texto: Jenifer de Paula sob supervisão dos jornalistas do N.Com

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos