Cidadão

Cultura divulga resultado do edital de projetos independentes de audiovisual

Os proponentes contemplados terão o prazo de 15 dias para apresentar a documentação necessária 

Foi divulgado na quarta-feira (6), no Jornal Oficial do Município, o resultado final do edital n°006/2019, que propunha uma seleção de projetos culturais independentes na área de audiovisual para serem beneficiados pela  Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC). O Chamamento Público está disponível no Jornal Oficial do Município, edição 3.923.

Foram selecionados para receber o patrocínio,  os projetos Blackout, Terceiro Sinal, Pés Que Sangram, Marmita, O Relógio de Ouro, Olhar Aprumado, O Prédio do Mundo, Cineclubismo em Londrina, O homem na cidade e Erveiras – Entre Práticas e Saberes.

Os proponentes terão prazo de 15 dias, corridos e improrrogáveis, para entregar a documentação obrigatória. O procedimento deve ser feito presencialmente na sede da Cultura, que fica na Praça Primeiro de Maio, 110, centro. Os atendimentos ocorrem das 12h às 18h. O não cumprimento da documentação exigida, dentro do prazo estipulado, implicará em desistência por parte do proponente e a desclassificação do projeto

O objetivo do presente edital é fortalecer e ampliar o setor audiovisual local, por meio da fomentação da produção de conteúdos de curta-metragem. Os projetos deferidos estavam dentre as linhas de pesquisa preestabelecidas, podendo ser de ficção (live action ou animação); documentário; e teaser do filme.

Dentro das linhas temáticas o edital considera três: Cidadania e Diversidade Cultural; Patrimônio histórico-cultural (material, imaterial e vivo); ou livre.

A diretora de Incentivo à Cultura da SMC, Sonia Regina Aparecido, contou que foram critérios de seleção, além da ordem de pontuação dos selecionados; dois projetos que sejam dirigidos ou roteirizados por mulher e dois projetos que sejam dirigidos ou roteirizados por pessoas negras (pretas ou pardas) ou indígenas.

Inovação: No mês da consciência negra, visando a democratização da cultura, o edital cria critérios de seleção que engloba mulheres, negros e indígenas.

Para imprensa: mais informações poderão ser obtidas na Secretaria Municipal de Cultura, pelo 3371-6600

Texto: Isabely Alexandra sob supervisão do N.com

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos