Destaques

Londrina ganha pacote de obras de infraestrutura

Ações incluem os dois últimos trechos do Arco Leste, revitalização das avenidas Winston Churchill e Europa, Rua Peru e Córrego Poço Fundo

No dia do aniversário de 85 anos de Londrina, celebrado nesta terça-feira (10), o prefeito Marcelo Belinati anunciou um grande pacote, com valor de R$ 27 milhões, para a realização de seis obras em diferentes regiões da cidade. O conjunto inclui a execução dos trechos 1 e 3 do Arco Leste, que concluirão o projeto integralmente, e a revitalização completa da Avenida Winston Churchill, além da pavimentação, prolongamento e adequações de outras vias. A série de iniciativas integra o planejamento infraestrutural que está em curso pela atual administração, promovendo intensa reestruturação da malha urbana da município.

Completam a lista das obras anunciadas, a recuperação e pavimentação da Rua Peru, prolongamento da Avenida Europa e implantação de ponte na transposição do Córrego Poço Fundo, no sentido do distrito da Warta. De forma geral, a execução será viabilizada com recursos próprios da Prefeitura, somadas a verbas do governo federal.

Todas as seis obras já estão licitadas, homologadas e aptas para serem iniciadas. Algumas começam ainda nesta semana e outras estão com as ordens de serviço disponíveis para assinatura. As primeiras liberadas são os trechos 1 e 3 do Arco Leste. A previsão é que, em até 30 dias, no máximo, todos os trabalhos deste pacote estejam ocorrendo concomitantemente.

Foto: Vivian Honorato

Na solenidade, o prefeito frisou que Londrina vive hoje uma fase de crescimento e desenvolvimento em várias frentes, com investimentos em áreas essenciais como educação, saúde, obras públicas, entre outras. “Estamos presenciando e tendo a felicidade de ajudar a construir um momento único com obras espalhadas por toda a cidade. Temos escolas e creches em construção, postos de saúde sendo reformados, melhorias em asfalto, construção de viadutos. Além disso, a cidade deu um salto e hoje é considerada a mais transparente do Brasil, com as contas equilibradas e pagamentos em dia. A população se mostra mais confiante e recupera, aos poucos, o orgulho de sua cidade”, ressaltou.

Além do pacote anunciado no evento, Marcelo adiantou que outras obras importantes serão feitas em Londrina a partir de 2020. Entre os trabalhos citados estão a construção do viaduto da Avenida Rio Branco, sentido Avenida Leste-Oeste, e a revitalização completa do Bosque Central, cujo projeto, estipulado em mais de R$ 2 milhões, já está em fase de conclusão para ser encaminhado ao processo licitatório. “Também teremos reformas em mais 20 unidades de saúde, construção de escolas e projetos para duplicações de mais ruas e avenidas importantes. Estamos preparando a cidade para o futuro, com planejamentos como o MasterPlan 100 anos e a vinda de grandes empresas. Ainda há muito a se fazer”, destacou.

Foto: Vivian Honorato

O secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, falou mais ao público sobre cada uma das seis obras. “Com relação ao Arco Leste, por exemplo, os dois trechos que terão início complementarão o projeto, possibilitando integrar a PR-445 até a BR-369, melhorando o fluxo de veículos e estimulando o desenvolvimento da cidade. São criadas novas opções de trajeto que ajudam muito quem antes tinha dificuldades e limitações com caminhos mais longos para acessar vias importantes. Várias outras obras virão para continuar este momento de pujança e modernização de Londrina, e é uma grande satisfação participar disso”, comentou.

Arco Leste – O Trecho 1 do Arco Leste é uma das obras do pacote. Essa etapa contemplará a execução do prolongamento da Avenida dos Pioneiros, a partir da rotatória da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), na região leste, até a BR-369, na área norte da cidade. O investimento total para este trecho, o penúltimo do projeto Arco Leste, será de R$ 3.689.897,76. Os trabalhos devem começar nos próximos dias e serão realizados pela empresa SINATRAF Engenharia e Comércio LTDA, vencedora de processo licitatório.

A execução do Trecho 1 compreende a construção de dois viadutos, em cada uma das mãos da pista a ser pavimentada, para a transposição da linha férrea. Isso permitirá a continuidade da via após a rotatória da universidade. Ao todo, a obra abrange cerca de 600m de extensão. Os serviços incluem terraplanagem, drenagem, pavimentação e complementações de pistas, além de serviços de sinalização viária, iluminação e outras intervenções.

A obra complementará as ações do Trecho 2, que já estão concluídas e dependem apenas da finalização do processo de realocação de postes de iluminação, para que haja a liberação completa. Os serviços em questão já estão contratados.

Trecho 3 – O último trecho do projeto Arco Leste a ser iniciado será o lote 3, que irá propiciar a ligação das Avenidas José Ventura Filho à Robert Koch, com pista que será construída contornando por trás do aeroporto. O investimento é de R$ 10,5 milhões, sendo este o maior valor e o maior serviço do total de cinco etapas do projeto, com a criação de uma avenida inteira, do zero. A vencedora da licitação foi a Kapa Construções.

Ao todo, a Prefeitura de Londrina investirá cerca de R$ 19 milhões para realizar as obras do Arco Leste, incluindo os cinco trechos. Já foram concluídos e entregues os trechos 4 e 5. O valor investido é proveniente de financiamento com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Winston Churchill – Como parte do projeto que fará a interligação da zona norte até a Avenida Tiradentes, serão realizadas obras para promover a revitalização da Winston Churchill. A obra inclui a aplicação de nova pavimentação, reestruturação de galerias pluviais, construção de ciclovias, criação de passagens e conversões, e uma série de melhorias diversas.

Totaliza 2,2 km de execução, compreendendo trecho a partir do pontilhão da Avenida Brasília até a área da linha férrea nas imediações do Terminal Ouro Verde, na região norte. A obra responde pelo maior investimento do pacote anunciado pelo prefeito, perfazendo o montante de R$ 10.841.000,00. O prazo de execução estabelecido em contrato, com a Weiller Construção Civil, é de 330 dias. A previsão é que a ordem de serviço seja assinada nos próximos dias.

No projeto como um todo, a Prefeitura já vem trabalhando na Avenida Francisco Gabriel Arruda, região norte, que está sendo reconstruída desde setembro. A última etapa, após a revitalização da Winston Churchill, será a criação dos viadutos da Avenida Rio Branco.

Rua Peru – Atendendo a uma demanda antiga da comunidade, a Prefeitura irá fazer intervenções para executar a pavimentação da Rua Peru, que fica localizada próximo a duas avenidas importantes e de grande fluxo de trânsito: a Duque de Caxias e a Dez de Dezembro. Com prazo de 180 dias para ser concluída, a obra irá ocorrer nesta rua sobre o trecho entre as ruas Argolo Ferrão e Nicarágua, que passa pelos fundos de um supermercado conhecido da região.

O valor contratado é de R$ 897.777,00 e as ações serão feitas pela Gaissler Moreira Engenharia. Este trecho hoje não conta com asfalto e apresenta muitos buracos e pedras. A intenção é melhorar as condições de trânsito no local e proporcionar mais segurança aos motoristas e pedestres, sendo essa uma região que possui escola, posto de saúde e comércio.

Avenida Europa – Na região sul de Londrina, a Avenida Europa será mais uma a receber melhorias com uma revitalização. Os trabalhos incluirão pavimentação, sinalização viária e iluminação. Haverá prolongamento da avenida, em trecho entre Chácaras Olaria e Residencial José Bastos de Almeida. Haverá complementação da avenida, ligando o Jardim Piza ao bairro Vale Azul. O custo total será de R$ 579.999,00 e a execução irá ocorrer por meio da contratada Indarc Construtora, que terá 120 dias para finalizar a obra.

Córrego Poço Fundo – Com investimento total de R$ 487.777,00, será implantada uma nova passagem na transposição do Córrego Poço Fundo, na estrada Vivi Xavier – Warta, com instalação de um bueiro celular triplo, que funcionará como uma ponte. A empresa vencedora da licitação foi a Gaissler Moreira Engenharia, que deverá realizar os trabalhos em prazo de 120 dias.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos