CoronavirusDestaques

Município realiza testes de COVID-19 em idosos de asilo

Nesta semana continua a testagem até serem completados os 235 idosos internados e 176 funcionários das três ILPs conveniadas

(Matéria atualizada no domingo – todos os testes realizados na  instituição em que houve o óbito de um internado deram negativo para coronavírus. Foram testados os 52 funcionários e 65 idosos).

Em entrevista coletiva realizada na tarde da sexta-feira (22), o prefeito Marcelo Belinati anunciou as novas intervenções que a Prefeitura está realizando nas Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) em Londrina, em especial nas três que são conveniadas ao Município. A medida teve início diante da confirmação de um caso de coronavírus dentre os pacientes internados em uma ILPI conveniada pela rede municipal. O paciente, do sexo masculino, tinha 94 anos e faleceu na madrugada de ontem, quinta-feira (21).

Com o diagnóstico de COVID-19 confirmado na noite de ontem, a Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Saúde e do Idoso, lança mão de nova etapa do Plano de Contingência, que está sendo aplicado desde março. O objetivo é proteger, tanto os idosos assistidos por essas instituições, como os funcionários, do contágio e transmissão pelo novo coronavírus.

Foto: Emerson Dias

O prefeito destacou que, na ILPI onde residia o paciente que teve coronavírus, são atendidos 75 idosos, por 52 funcionários. Nas três instituições conveniadas com o Município, há 235 idosos internados e 176 funcionários ao todo. “É algo delicado, que tem nos preocupado, mas estamos tomando todas as medidas necessárias no sentido de prevenirmos que isso possa, eventualmente, avançar. Em todas as instituições da cidade, temos 589 idosos e 410 funcionários. Existe muita inter-relação entre os profissionais que trabalham nessas instituições, normalmente da área de saúde, e que trabalham em hospitais e nos asilos. Outros trabalham em dois ou três asilos ao mesmo tempo, existe um intercâmbio muito grande que gera uma certa preocupação”, afirmou.

Como idosos integram os grupos de risco para o novo coronavírus e enfrentam alta taxa de letalidade, a Prefeitura realizou, nesta sexta-feira (22), testes para diagnóstico nos pacientes e profissionais que atuam nas três ILPIs conveniadas. Os primeiros resultados foram todos negativos. A expectativa é finalizar a testagem de todos eles até sábado (23), com entrega dos resultados na segunda-feira (25).

Além disso, a Vigilância Sanitária do Município irá intensificar o monitoramento dessas instituições. Os funcionários irão receber Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), cedidos pela Prefeitura, incluindo máscaras face shield e macacões, para reforçar a prevenção durante a assistência aos idosos. Uma médica da Secretaria Municipal de Saúde também fará monitoramento semanal dessas instituições, e também das que não compõem a rede municipal, com base no decreto municipal n° 548/2020, totalizando 18 ILPIs em Londrina.

Foto: Emerson Dias

A secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini, frisou que desde março a Prefeitura tem aplicado medidas rígidas para proteger os idosos nas ILPIs. “Suspendemos, desde março, todas as visitas, e estamos cumprindo as notas técnicas, resoluções e normativas da Anvisa, Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde. Tivemos o tempo todo monitoramento pela Vigilância Sanitária, vacinamos contra a gripe todos os idosos, inclusive nas casas de repouso particulares. Aplicamos protocolo de isolamento por 14 dias para novos residentes. Infelizmente, tivemos o primeiro caso e, agora, temos um plano emergencial para estas instituições, sendo que algumas estão em Londrina há quase 60 anos, são de excelência, e referência no Brasil por bem atenderem nossos idosos”, ressaltou.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, reforçou que o plano de prevenção e controle da infecção por coronavírus foi elaborado no início de março, e incluiu visitas e orientações em todas as ILPIs conveniadas. “São quase 70 dias do início da pandemia em Londrina, e essa foi a primeira identificação que tivemos. Agora, passamos para a segunda fase do plano, que é a intervenção seguida do monitoramento. Isso consiste na testagem de todos os funcionários e idosos, que hoje chegou a cerca de 90%. Como nenhum apresenta sintomas, utilizamos o teste sorológico. Também ampliamos o uso dos EPIs, a higienização dos locais será reforçada, ou seja, tudo será feito para evitar novas contaminações”, finalizou.

Igrejas e academias – Durante a entrevista coletiva, o prefeito Marcelo Belinati afirmou que, em virtude de nova legislação sancionada pelo governo estadual, foi liberada a reabertura dos templos e instituições religiosas, consideradas essenciais.

A Resolução n° 734/2020, da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), esclarece sobre os protocolos que devem ser seguidos, para evitar o contágio e transmissão comunitária de COVID-19 . Algumas determinações incluem o uso obrigatório de máscara, ocupação máxima de 30%, afastamento mínimo de dois metros entre as pessoas, disponibilização de álcool em gel 70% em pontos de fácil acesso, dentre outras normas.

Marcelo, ao divulgar a permissão por parte do Estado para reabertura das entidades religiosas, relembrou que todas as medidas preventivas devem ser respeitadas e cumpridas, por todos os líderes religiosos. “Aos idosos e pessoas com doenças crônicas, a orientação é que não frequentem o culto, ou à missa. Que acompanhem pela internet, pois apesar da liberação, essa era uma das preocupações, para não correr o risco de aglomerar. A todos padres, pastores e fiéis, que em todo o período de fechamento tiveram grande compreensão, que reforcem todos os cuidados. Cumpram todas as medidas elencadas pela SESA, pelo comitê, no sentido de se prevenir, e pedimos consciência e o apoio de todos”, destacou.

A respeito das academias esportivas, a orientação atual da SESA é de que não ocorra a reabertura. “Ainda há um decreto estadual sobre a questão das academias, o mesmo que proibia a abertura das igrejas, e a previsão é de que reavaliem essa situação nas próximas semanas”, antecipou Marcelo.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos