Cidadão

Saúde da Mulher é tema de grupo no WhatsApp

A iniciativa é uma realização da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres destinada ao público feminino

A Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), visando abordar questões como qualidade de vida e saúde, elaborou, na última quinta-feira (18), um grupo de Whatsapp direcionado ao público feminino. Intitulado de “Saúde da Mulher”, o projeto é uma das ações da iniciativa “Conexão e Aprendizagem”, promovida pela SMPM em parceria com a instituição de ensino Unicesumar, com o intuito de oferecer atividades formativas e capacitações para mulheres londrinenses, em tempos de isolamento social.

Até o momento o grupo possui 48 integrantes e prevê a publicação de, no mínimo, três a quatro postagens semanais acerca de conteúdos relacionados ao bem-estar feminino. Na última quinta-feira (18) a iniciativa contou com uma explicação sobre autoexame de câncer de mama. A responsável por ministrar as atividades é a professora de biomedicina da Unicesumar, Luana Cossentini. “Iremos abordar informações básicas, mas que às vezes muitas pessoas não sabem. São questões sobre o próprio corpo e como diversas doenças agem dentro da mulher. O enfoque é fazer postagens, principalmente visuais, de fácil compreensão a fim de que todas as participantes possam entender e interagir”, disse a docente.

De acordo com Cossentini a iniciativa ainda tem como proposta combater as diversas notícias equivocadas que são compartilhadas inúmeras vezes, via rede social. “A princípio foi pensado em realizar lives, as quais eu falaria sobre assuntos específicos. O problema que eu vejo é que muitas pessoas não participam deste tipo de conteúdo quando o assunto é saúde. Com base nisto, a ideia é desenvolver materiais que possam ser compartilhados no Whatsapp, uma rede social de fácil acesso e, infelizmente, muito dominada pelas fake news”, frisou.

Interessadas em acompanhar as dicas e instruções de saúde publicadas no grupo, podem ingressar ao canal clicando aqui. Vale ressaltar que a participação é gratuita e destinada apenas a mulheres londrinenses acima de 18 anos.

Não há previsão de encerramento para as publicações do projeto. A ideia é que a iniciativa “Conexão e Aprendizagem” continue acontecendo mesmo com o retorno das atividades presenciais da SMPM, realizadas majoritariamente no Centro de Oficinas para Mulheres (COM).

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas a diretora de Articulação de Política Pública da SMPM, Carla Ramos, através do telefone 3378-0119.

Texto: Pedro Nunes sob supervisão dos jornalistas do N.Com

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos