Cidadão

Codel participa de reunião com IAT sobre implantação de pedalinhos no Igapó II

Iniciativa encontra-se em processo de análise para a liberação; Lago Igapó II deverá contar com 12 pedalinhos e outras embarcações, além de lanchonete, deque de madeira e plataforma flutuante

Nesta sexta-feira (21), representantes do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel) participaram de uma reunião com o Instituto Água e Terra (IAT), do Governo Estadual, para discutir os procedimentos de liberação da exploração de pedalinhos no Lago Igapó II.

Compareceram ao encontro a diretora de Turismo da Codel, Renata Queiroz, o diretor de Técnica e de Desenvolvimento, Atacy de Melo Júnior, e a assessora executiva Roberta Zulin. O IAT foi representado pelo engenheiro ambiental Leonardo Oliveira Caetano. Além deles, também participou o empresário Odair Beninca, proprietário da Encantos Náuticos Turismo, que venceu a licitação para a execução do serviço.

Presidente da Codel, Bruno Ubiratan. Foto: Emerson Dias – N.Com/Arquivo

Durante a conversa, foram abordados os trâmites e documentação necessários ao processo de licenciamento da iniciativa, que ainda está sendo analisado pelo IAT. Segundo o presidente da Codel, Bruno Ubiratan, o órgão tem acompanhado os procedimentos de perto e fornecido o apoio necessário, dada a importância do projeto para o turismo londrinense. “Nossa meta é buscar as autorizações que estão pendentes a fim de que a operação se inicie tão logo seja possível, para que a população de Londrina e região possa contar com mais uma forma de lazer”, disse.  

Novas atrações – Por meio do pregão presencial no 262/2021, a empresa catarinense Encantos Náuticos Turismo obteve o direito de exploração onerosa de pedalinhos e outras embarcações no Lago Igapó II. O local passará a contar com 12 pedalinhos – sendo seis no modelo cisne e seis do tipo caravela – assim como barcos do tipo stand-up paddle, caiaques individuais e duplos.

O empresário Odair Beninca, proprietário da Encantos Náuticos Turismo. Foto: Vivian Honorato – N.Com

Conforme o proprietário da empresa, Odair Beninca, o preço da entrada para cada atração deverá ficar em torno de R$ 9 por pessoa. “Pretendemos operar de terça-feira a domingo, em horário comercial, e também estamos estudando a possibilidade de estender esse horário para a noite”, disse.

Como contrapartida pela execução do serviço, a Encantos Náuticos Turismo deverá fazer o pagamento à Prefeitura de um valor total de R$ 550 mil, dividido em parcelas mensais, até o fim do período de vigência do contrato, que será de dez anos. Além disso, a companhia fará um investimento de R$ 600 mil para a implantação do projeto arquitetônico que foi elaborado pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul).

A infraestrutura completa abrangerá um container com lanchonete e banheiros, e outro onde ficarão o almoxarifado e bilheteria. Também haverá um deque de madeira de onde as pessoas poderão visualizar o lago, e que estará conectado a uma plataforma flutuante onde ficarão posicionados os pedalinhos e os equipamentos de segurança.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com o presidente da Codel, Bruno Ubiratan, pelo telefone (43) 3379-2300.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos