Cidadão

Saúde faz ação educativa sobre a dengue no distrito de Maravilha

Atividade acontece na manhã desta quinta-feira (16), com alunos e servidores da unidade escolar

Para conscientizar alunos e servidores da Escola Municipal Professora Corina Mantovan Okano, a equipe de Educação da Coordenação de Endemias, da Secretaria Municipal de Saúde, realiza ação educativa nesta quinta-feira (16), às 9 horas. Os agentes de Endemias irão até a unidade escolar do distrito de Maravilha, com exposições e maquetes, conscientizando sobre os cuidados necessários para prevenir doenças e a proliferação de vetores. A unidade escolar fica localizada na Rua Ivaí, 170.

Devem participar da atividade cerca de 90 pessoas, entre estudantes e colaboradores da unidade. Dentre os temas que serão abordados na ação educativa, estão a leishmaniose, uma doença infecciosa causada por parasitas e transmitida a humanos e animais domésticos pela picada de insetos, como o mosquito-palha. Os agentes irão orientar também sobre escorpião, bicho barbeiro e caramujo africano, que podem provocar doenças graves.

Segundo a agente de Endemias da Saúde, Cristina Gomes Torquato, a atividade irá reforçar principalmente os cuidados que a população deve tomar para impedir a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e outras doenças, como o zika vírus e febre amarela silvestre. “Sem eliminar os possíveis criadouros dentro das casas, o mosquito continua seu ciclo e cada vez surgem mais casos de dengue. Por isso, atitudes como descartar corretamente o lixo e impedir o acúmulo de água em objetos são simples e eficazes na luta contra a dengue”, destacou.

Números da dengue – Também nesta quinta-feira (16), a Secretaria Municipal de Saúde fará a divulgação do boletim semanal com dados sobre a dengue no município. A diretora de Vigilância em Saúde, Sônia Fernandes, estará disponível para entrevistas das 10 às 11 horas, no prédio da Vigilância em Saúde, localizado na Rua Attilio Octávio Bisatto, 480.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com a Coordenação de Endemias da Saúde, pelo telefone 3372-9427.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos