Cidadão

CAAPSML divulga resultados do censo do Plano de Seguridade Social

Recadastramento permite atualizar informações cadastrais e será utilizado para realização de estudos futuros

Mais de 97% dos servidores municipais vinculados à Prefeitura de Londrina, entre ativos e aposentados, pensionistas, além dos segurados do Plano de Saúde, passaram pelo processo de recadastramento da Caixa de Aposentadoria e Pensões dos Servidores Municipais de Londrina (CAAPSML), realizado em 2019. O censo do Plano de Seguridade Social, incluindo o Plano de Previdência e o Plano de Assistência à Saúde, promoveu a atualização cadastral dos servidores, a verificação dos vínculos de dependência, criando uma base de conhecimento e informações para cálculo atuarial, controle e planejamento estratégico do Município para os próximos anos. Os trabalhos foram desenvolvidos por uma empresa contratada, de setembro a novembro do ano anterior.

Foto: Emerson Dias

O superintendente da CAAPSML, Marco Antônio Bacarin, divulgou ontem (12) dados referentes ao censo e destacou que o estudo, além de atualizar a base cadastral de servidores, é um conjunto importante que ajudará na formulação de novos estudos para fortalecer o equilíbrio financeiro e atuarial do Regime Próprio de Previdência Social e Plano de Assistência à Saúde. “Também serve para verificar a situação dos beneficiários, garantindo que os benefícios estejam em conformidade com as regras legais. O estudo servirá, por exemplo, como base para as definições sobre a adoção do modelo de Previdência Complementar, que o Município deverá implantar até 2021, confome exigências da nova legislação previdenciária”, disse.

Com base nos dados que a CAAPSML tinha até agosto de 2019, a empresa responsável pelo censo fez o recadastramento de 12.488 dos 12.846 servidores, totalizando 97,21% de participação. Com relação ao quantitativo de matrículas, a atualização correspondeu a 97,40%, com o recadastramento de 13.605 matrículas das 13.967 existentes, sendo que um mesmo servidor pode ter mais de uma matrícula registrada no Município. “Um dos dados relevantes e positivos obtidos pelos resultados do censo, é

Foto: Emerson Dias

que mais de 50% dos servidores municipais de Londrina possuem graduação de ensino superior e especialização”, destacou Bacarin.

Não compareceram ao recadastramento 358 servidores municipais, entre ativos e aposentados. Todos eles foram previamente comunicados por correspondência enviada durante o processo de realização do censo, que também comunicou os servidores publicamente por meio de editais e chamamentos públicos.

Bacarin informou que a CAAPSML iniciou uma auditoria nos cadastros que não foram atualizados. Conforme já havia sido estabelecido, a partir de fevereiro haverá um novo chamamento e os servidores que não compareceram terão a suspensão do pagamento de sua remuneração, proventos de aposentadoria ou pensão. “Esperamos que, nessa etapa, quem não foi recadastrado possa comparecer para atualizar suas informações. A medida da suspensão é a única forma de tentar encontrar pessoas que não se apresentaram, uma vez que existem servidores espalhados por vários estados brasileiros e até mesmo fora do país”, ressaltou o superintendente.

O recadastramento permitiu a realização de um cadastro completo e atualizado, com biometria e fotografia de todos os servidores que compareceram. As fichas novas serão importantes para a elaboração da folha de pagamento dos servidores e a CAAPSML estudará a possibilidade de fazer uma atualização anual de sua base de cadastro.

O estudo também oportunizará à CAAPSML verificar a situação dos dependentes dos planos e corrigir as distorções de informações que possam ser encontradas após a atualização da base cadastral. O censo indicou que atualmente há 14.852 dependentes no Plano Previdenciário e cerca de 6 mil do Plano de Assistência à Saúde.

Por faixa etária, a sequência de segurados, conforme o total apontado no censo, ficou da seguinte maneira: 0 a 20 anos (0,21%); 21 a 30 (3,56%); 31 a 40 (22,26%); 41 a 50 (25,11%); 51 a 60 (24,35%); 61 a 70 (14,64%); Acima de 70 (9,88%).

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com o superintendente da CAAPSML, Marco Antônio Bacarin, pelo telefone 3376-2511.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos