Cidadão

Contact Center muda rotina e espaço físico para privilegiar colaboradores da empresa

Resolução da diretoria estabelece normas que podem ser ampliadas conforme a evolução da doença

A direção da Sercomtel Contact Center já está tomando as providências para melhorar o serviço de call-center da empresa diante do combate ao coronavírus e ao COVID-19. As deliberações, que seguem todas as legislações federal, estadual e municipal pertinentes, ocorrem desde o começo da semana passada. Hoje a companhia tem 353 funcionários, sendo 245 atendentes que prestam serviços especiais de telecomunicações, considerados essenciais.

A prioridade é deslocar os atendentes para serviços home-office, que estão sendo ampliados gradativamente conforme as adaptações técnicas necessárias. Os primeiros que já estão sendo beneficiados são os que integram os grupos de risco: “Todo cuidado é pouco e, nesta hora, a nossa prioridade serão, sempre, os colaboradores da empresa”, resume o presidente Luciano Kühl, que semana passada assinou uma resolução interna neste sentido. Ele não descarta, porém, a necessidade de a diretoria da empresa ampliar as ações para preservar os funcionários.

A direção da SCC também emitiu um comunicado geral para todos os setores contendo todas as deliberações tomadas até agora, inclusive fazendo uso das TVs internas instaladas em corredores, site especial e através de aplicativos de mensagens. Também providenciou a publicação de impressos (cartazes e folhetos) com noções de prevenção e sintomas, que estão sendo espalhados por toda a empresa e entregues individualmente para as pessoas. Murais internos também são utilizados.

O trabalho também é extensivo ao quadro funcional da Sercomtel Iluminação, que mudou de endereço recentemente e agora também se estabelece no mesmo local, em uma ala do mesmo prédio, na Rua Deputado Nílson Ribas, Jardim bancários,na região oeste.

Veja abaixo o que já foi determinado pela direção da Sercomtel Contact Center e já comunicado aos colaboradores da empresa:

A SERCOMTEL CONTACT CENTER ESCLARECE

Com parte de uma atividade de prestação de serviços essencial, que em nenhum momento pode ser interrompida, a Sercomtel Contact Center está tomando, desde a semana passada, todas as medidas necessárias para combater o Coronavírus. Várias já estão sendo implementadas e obedecendo a Lei Federal nº 13.979, de 06 de fevereiro de 2020, o Decreto Estadual 4.230, de 16/03/2020, e especialmente os Decretos Municipais nº 334, de 17/03/2020, e nº 346, de 19/03/2020, além da Resolução nºs 004 e 005/2020, da Presidência da SCC.

As primeiras medidas baixadas na empresa contemplam muito especialmente a segurança dos funcionários.

O home-office é prioridade, já está começando a ser implantado e iniciando justamente com o grupo de risco (pessoas acima de 60 anos, gestantes e lactantes, portadores de doenças crônicas e portadores de doenças respiratórias). Nesta semana o serviço será intensificado ainda mais.

Foram suspensos eventos internos onde ocorra aglomeração de empregados, assim como as visitações de público externo. As salas de convivência e outros ambientes que aglomeravam pessoas estão sendo remodelados para abrir mais espaços.

Aprendizes e estagiários estão dispensados de suas atividades e sem quaisquer prejuízos.

Por outro lado, há outras determinações:

Todas as portas e janelas estão abertas para privilegiar a ventilação. Todos os postos de atendimento (PAs) estão sendo regular e intensivamente higienizados. Medidas de espaçamentos e arejamento dos ambientes do call-center também estão sendo implantadas e aprimoradas dia a dia.

Todos os colaboradores já receberam instruções sobre os procedimentos básicos de higiene e limpeza. A comunicação é constante e novas informações são imediatamente compartilhadas.

Suportes com álcool gel 70% foram espalhados em vários lugares e principalmente em pontos estratégicos. Mais sabonetes bactericidas também foram adquiridos e todos os banheiros são higienizados. Toalhas descartáveis e lixeiras com tampa acionada por pedal já fazem parte da rotina da empresa.

Todos os colaboradores foram orientados a evitarem o compartilhamento de material de expediente, como canetas, telefones e lápis, entre outros.

Máscaras já foram compradas. A empresa aguarda apenas a chegada do lote por parte do fornecedor. Ao ser entregue, a sua distribuição será imediatamente realizada dentro de critérios preestabelecidos.

Ainda assim, a despeito de todas medidas já adotadas, empregados que apresentarem algum dos sintomas do Coronavírus devem imediatamente informar ao seu gestor para que sejam tomadas as medidas necessárias.

A empresa, por sua vez, repassará continuamente orientações preventivas e de interesse do quadro de empregados sobre o Coronavírus (COVID-19), inclusive com a possibilidade de adoção de novas medidas e procedimentos operacionais. Tais ações terão acompanhamento permanente dos colaboradores, através de seus representantes na Cipa, Brigada de Incêndio e Comitê Motivacional.

Este trabalho é essencial, não podemos descuidar. A empresa e os seus colaboradores devem fazer suas partes juntos, e devem fazê-las com cuidado, união e respeito. O sucesso da operação depende da comunicação mútua. A boa informação é o melhor remédio contra o Coronavírus.

Sercomtel Contact Center
Diretoria

Etiquetas
Mostrar mais

Marcelino Jr

Jornalista, consultor, editor literário e especialista em "Comunicação Organizacional: Gestão Estratégica" pela Universidade Estadual de Londrina.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos