Cidadão

Mutirão de vacinação contra a Covid-19 aplicou mais de 4 mil doses no sábado (4)

Iniciativa foi realizada em 11 Unidades Básicas de Saúde, e contemplou crianças e adolescentes, entre outros públicos-alvo

No último sábado (4), das 8h às 18h, a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), aplicou 478 doses da vacina contra a Covid-19 em crianças e 1.410 em adolescentes. O trabalho foi realizado durante um mutirão voltado à faixa etária entre 12 e 17 anos, com o objetivo de ampliar os índices da aplicação da dose de reforço (3ª dose) nesse público-alvo.

Além disso, a ação, que havia disponibilizado um total de 5 mil vagas, contemplou 2.253 adultos, distribuídos entre diferentes segmentos. O mutirão foi realizado em 11 Unidades Básicas de Saúde (UBSs): Armindo Guazzi, Alvorada, Vila Casoni, Eldorado, Jardim do Sol, Guanabara, Maria Cecília, Ouro Branco, Parigot de Souza, São Luiz e Santa Rita.

Unidades vacinadoras – Nesta segunda-feira (6), o Município ampliou de 26 para 36 o número de UBSs que estão vacinando a população contra a Covid-19. Dessa forma, o atendimento é feito nas seguintes unidades: Alvorada, Jardim do Sol, Santa Rita, Santiago, Panissa, Tóquio e Cabo Frio (região oeste); Carnascialli, Aquiles Stenghel, Chefe Newton, Milton Gavetti, Vivi Xavier, João Paz, Maria Cecília, Campos Verdes, Padovani, Parigot de Souza (zona norte); Armindo Guazzi, Marabá, Ernani, Vila Ricardo, Novo Amparo (região leste); Eldorado, Ouro Branco, Itapoã, Jamile Dequech, Pind, Piza, Cafezal, San Izidro (zona sul); Casoni, Centro, Guanabara, Vila Brasil, Vila Nova e CSU (centro).

Para receber a dose, é preciso fazer o agendamento prévio no site da Prefeitura de Londrina (clique aqui). Após agendar, é necessário imprimir o comprovante com o QR Code para apresentar no dia e local selecionado, junto com a carteira de vacinação Covid-19 e um documento de identificação com foto.

Vacinação contra a influenza – Continua em andamento, também, a campanha de vacinação contra a influenza, voltada a proteger a população contra as três cepas do vírus que tiveram maior circulação recentemente e são das linhagens H1N1, H3N2 Darwin e B/Victoria.

De acordo com a última parcial da Secretaria Municipal de Saúde, divulgada na quarta-feira (1º), 104.930 doses do imunizante foram aplicadas, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 54,8% do público-alvo considerado prioritário. O segmento que recebeu o maior número de doses são os idosos, com um total de 64.062, seguidos pelos trabalhadores de saúde (16.636), crianças (8.265), pessoas com comorbidades (7.847), professores (3.648), população privada de liberdade (1.302), gestantes (1.139), população geral entre 50 e 59 anos (479), funcionários do sistema prisional (301), integrantes das forças de segurança (286), caminhoneiros (136), trabalhadores do transporte (117), puérperas (112), pessoas com deficiências (56) e membros das forças armadas (4).

Pessoas que façam parte dos grupos mencionados acima podem procurar qualquer UBS, de forma espontânea, para receber a vacina.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos