Destaques

UBS da Vila Fraternidade finalmente sai do papel

Após anos sem uma UBS no bairro, moradores contarão com uma unidade moderna, com capacidade de atender até 10 mil habitantes por mês

Dia de conquista para os moradores da Vila Fraternidade. A prefeitura inicia a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Fraternidade, região leste de Londrina. O bairro não conta com uma UBS desde 2013, quando a unidade, uma das primeiras UBSs do Brasil construída na década de 70, foi desativada e demolida. Desde então, os moradores do bairro são atendidos na unidade da Vila Ricardo.

Foto: Vivian Honorato

As obras iniciaram após a ordem de serviço assinada pelo prefeito Marcelo Belinati e o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, em solenidade realizada na manhã no último domingo (12), na Paróquia Nossa Senhora Perpétuo Socorro – Rua Santa Cecília, 297.

A nova unidade terá capacidade para atender até 10 mil habitantes por mês. A empresa responsável pelas obras, vencedora do processo licitatório, é a Terra Viva Serviços de Engenharia e Ambiental Eireli, que terá nove meses para executar a construção. O investimento será de R$ 994.352,14 e o local contará com 311,05 metros quadrados de área construída.

A nova UBS contará com diversos espaços, entre eles: recepção com banheiros com acessibilidade, fraldário, consultórios médicos e odontológico, sala de aplicação de medicamentos, sala de imunização, sala de inalação, curativos, suturas e coleta de material, sala para atividades em grupo, sala de administração, farmácia, copa e estacionamento para servidores. A unidade também será totalmente climatizada, por aparelhos de ar condicionado.

Foto: Vivian Honorato

O secretário municipal de Saúde destacou que a saúde pública de Londrina e do Brasil vive, neste dia, um momento histórico. “A construção desta unidade demonstra o compromisso da gestão do prefeito Marcelo Belinati com a população e com a saúde. São os recursos do contribuinte voltando em saúde de qualidade para a comunidade londrinense. Essa era uma reinvindicação antiga dos moradores da Vila Fraternidade, pois a unidade foi demolida com a promessa da construção de outra UBS na sequência, o que nunca aconteceu. Em breve, os moradores irão contar com uma UBS que será uma das mais modernas de Londrina”, afirmou.

Foto: Vivian Honorato

Atualmente, a prefeitura também está construindo outra UBS, no Jardim Santa Rita, e reformando outras seis unidades de saúde: PAI, Maternidade Municipal e UBSs Lerroville, Maravilha, Jardim Ideal e do Marabá, e outras 15 devem iniciar nos próximos dias.

Além disso, desde 2017, já foram entregues 17 unidades de saúde, totalmente reformadas, nesta administração: UBSs do Panissa, do CSU, Pind, Vila Casoni, Ernani Moura Lima, Carnascialli, Jardim do Sol, Alvorada, Selva, Warta, Paiquerê, Maria Cecília, Piza e João Paz, CAPS Infantil, Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e Farmácia Municipal.

Etiquetas
Mostrar mais

Dayane Albuquerque

Gestora de Comunicação - Jornalista Prefeitura Municipal de Londrina

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos