CidadãoCoronavirus

Guarda Municipal interdita locais que descumprem normas e restrições durante a pandemia

Oito bares/lanchonetes foram fechados por aglomeração, funcionamento fora do horário permitido e outras irregularidades

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Defesa Social, informa o balanço da fiscalização do último final de semana, referente aos decretos municipais de enfrentamento da pandemia. Ao todo, foram registradas 104 denúncias na Central 153 da Guarda Municipal (GM), das 89 foram atendidas pela GM e outras 15 encaminhadas para os demais órgãos fiscalizadores. O trabalho resultou na lavratura de 35 termos de constatação.

Denúncias em bares

Foto: Defesa Social / divulgação

Durante a noite da última sexta-feira (19), em uma ação conjunta da Guarda Municipal e fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda, foram interditados três bares na região central da cidade. Outros quatro estabelecimentos foram autuados e interditados no sábado (20), e um no domingo (21) à noite, resultando na interdição e autuação de oito estabelecimentos com atividade de bar ou similares. Aglomeração de pessoas, falta de espaçamento entre as mesas, uso de narguilé e funcionamento fora do horário permitido foram algumas das irregularidades constatadas.

Após denúncias recebidas pela Central da GM, sete ocorrências de práticas esportivas, sendo seis partidas de futebol e uma partida de voleibol, foram encerradas pelos guardas municipais. Os fatos foram registrados em boletim e termo de constatação.

Foto: Defesa Social / divulgação

No final da tarde de domingo (21) a Guarda Municipal recebeu denúncia de aglomeração na cachoeira do Tatu, zona sul da cidade. Com a chegada das equipes, várias pessoas se dispersaram. Os guardas municipais conseguiram flagrar e autuar 18 pessoas por não utilizarem a máscara de proteção, equipamento obrigatório por conta da pandemia.

As equipes de fiscalização da GM seguem com trabalho preventivo de forma intensificada em toda a cidade. Denúncias podem ser feitas para o telefone 153 da Central da GM, pelo 199 da Defesa Civil, ou pelo WhatsApp (43) 99995-0272. A Defesa Social reforça que quem for flagrado descumprindo quaisquer medidas restritivas dos decretos municipais poderá responder criminalmente pelo ato.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos