Cidadão

Centro de Oficinas para Mulheres oferta o curso Touca de Bebê em Tricô

Parte das produções feitas pelas participantes serão doadas a mães atendidas pela Maternidade Municipal; ação integra o projeto Artesanato Solidário, em sua quarta edição

Mais uma etapa do projeto Artesanato Solidário, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), será realizada a partir da próxima semana, dessa vez com a oficina para confecção de touca de bebê em tricô. As atividades serão realizadas no Centro de Oficinas para Mulheres (COM), responsável pelo curso, que irá ocorrer nos dias 8 e 15 de junho, em duas terças-feiras, às 14h. As inscrições são gratuitas, abertas a qualquer mulher acima de 18 anos, e as vagas são limitadas.

Para participar e obter mais informações, as interessadas devem entrar em contato pelo número de WhatsApp 99945-0056 e solicitar a inscrição. As aulas serão ministradas pela artesã voluntária Tânia Regina Cordeiro, que dará todo o suporte e as orientações passo a passo.

A iniciativa Artesanato Solidário tem como cerne unir práticas de aprendizado e ajuda ao próximo, oferecendo ensinamentos diversos e, a partir de seus resultados, gerar doações a quem necessita. Nesta edição, a quarta deste projeto, as inscritas terão a oportunidade de aprender a execução da touca pela técnica do tricô, e ainda poderão doar peças a mulheres que estão sendo atendidas na Maternidade.

Esta capacitação é para nível intermediário, ou seja, as participantes precisam já saber utilizar a técnica do tricô. “Eu vou ensinar especificamente o modelo da touca para recém-nascidos. O COM vai oferecer os materiais necessários, como as lãs e agulhas, portanto as alunas não precisaram levar nada de casa. A mesma turma participará dos dois dias de curso. Sou voluntária e participo de ações da SMPM desde 2018, já dei vários cursos de artesanato, e esta é uma atividade especial por sua essência de solidariedade. Também estou produzindo algumas toucas próprias para colaborar e doar às mães que necessitam”, disse.

A secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes, destacou a importância desta ação para a comunidade e para a SMPM. “O projeto surgiu com a proposta de ser uma ferramenta para incentivar tanto o aprimoramento de habilidades artesanais, em um momento de interação e produtividade, como o voluntariado que é tão importante para toda a sociedade. Muitas das mulheres que frequentam as oficinas do COM estão em situação de vulnerabilidade, tendo a chance de aprender novos ofícios ou aprimorar as técnicas que já sabem, e quem recebe os artesanatos por meio das doações são pessoas que precisam. Portanto, para nós é uma ação muito relevante no contexto de ajudar o outro e, sem dúvidas, um gesto de carinho e cuidado”, frisou.

Segundo a psicóloga e diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas da SMPM, Lisnéia Rampazzo, este projeto será permanente, mantendo o caráter solidário e buscando variar as formas de capacitação e o público ao qual as produções desenvolvidas em sala serão destinadas. “Esta é a quarta edição, sendo que antes tivemos produção de tapetes em duas oportunidades, uma com doações para mulheres em situação de violência e outra alusiva ao Outubro Rosa, com repasse das produções para mulheres em tratamento de câncer. Agora, o fruto do aprendizado das toucas em tricô será voltado à Maternidade Municipal”, citou.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos