Destaques

Secretaria de Saúde vacina quase 3,5 mil pessoas no mutirão contra Covid-19

No momento, ainda restam cerca de 900 vagas para interessados em tomar as doses de reforço; é preciso ter mais de 18 anos para receber as doses de reforço

Na manhã desta segunda (28), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou o balanço do mutirão de vacina contra Covid-19, realizado no último sábado (26), das 7h às 19h, em 12 unidades de saúde de Londrina. Ao todo, das 5 mil pessoas que agendaram horário para receber a dose do imunizante, mas apenas 3.486 compareceram no horário, ou seja, 1.514 não compareceram, o que significa 30,28% de todo o público agendado.

Foto: Vivian Honorato

Segundo o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, o objetivo dessas ações é agilizar a vacinação do público maior de 18 anos, o que em Londrina representa 80 mil pessoas. Por isso, estão sendo feitos mutirões aos sábados e a vacinação normalmente durante a semana. Neste sábado, por exemplo, estavam abertas 11 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e o Laboratório Municipal de Análises Clínicas (Centrolab). “Fazemos um apelo para a população que faz o agendamento, para que ela comparece para se vacinar. Tivemos um índice alto de faltantes no penúltimo mutirão com mais de 2 mil pessoas que agendaram e não compareceram e agora mais 1500. Isso é muito ruim, porque além de deixar nossa equipe ociosa, a logística organizada é muito grande e a pessoa que falta, tira a vaga de outras que queriam se vacinar, mas que acabaram não conseguindo”, disse Machado.

Das 4 mil que abriram ao meio-dia de sexta-feira (25), ainda restam 977 vagas distribuídas em todas as UBS da cidade. Podem agendar um horário, através do site da Prefeitura, os cidadãos interessados em tomar as doses de reforço e aquelas do esquema inicial contra a Covid-19 (1ª e 2ª doses). “Fomos muito bem nas primeiras e segundas doses, mas a partir desse momento as pessoas deixaram de completar o esquema vacinal. Tem muitas pessoas que ainda não tomaram a primeira dose de reforço ou a segunda de reforço, por isso a gente faz o apelo para a população que possa se vacina. A vacina tem o objetivo principal de evitar os casos graves, as internações e os óbitos. Em que pese as pessoas que tomam a vacina, por ventura, ainda acabam se contaminando com o vírus, a doença se manifesta de forma muito mais leve com a vacina”, disse o secretário de saúde.

Foto: Vivian Honorato

Covid em números – De acordo com o último Boletim Semanal da Covid-19, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na última sexta-feira (25), foram confirmados 873 casos da doença na cidade, totalizando150.491 infecções positivadas desde o início da pandemia. Isso representa um aumento de 454 novos casos em comparação com a semana anterior, que havia registrado 419 casos. Nesta semana, também registraram-se quatro óbitos e 641 casos curados. Com isso, até o momento, Londrina computou 147.281 curados e 2.625 mortes devido ao Coronavírus.

Segundo Machado, esse crescimento no número de casos de Covid vem justamente em uma época em que há o aumento de circulação de pessoas, visto que há confraternizações de fim de ano, festividades, feriados e jogos da Copa do Mundo, por isso há a necessidade de a população se vacinar para que medidas mais duras não voltem a ser necessárias. “Os dados mostram que o aumento no número de casos que falávamos nas semanas anteriores começa a se consolidar. Até o final de outubro e começo de novembro, nós tínhamos uma média de 50 casos por semana. Mas, os últimos boletins, em especial, da última semana, já mostra um aumento substancial se comparado a esse cenário de outubro. Ainda não tem motivo para pânico ou alarde, entretanto a gente precisa ligar o sinal de alerta e tomar as vacinas que estão em atraso”, completou.

Etiquetas
Mostrar mais

Ana Paula Hedler

Gestora de Comunicação, formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, especialista em Comunicação com o Mercado pela Universidade Estadual de Londrina e Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos