Cidadão

Saúde certifica empresas por boas práticas na prevenção ao coronavírus

Por meio de um treinamento executado desde maio, 81 empresas foram orientadas e treinadas, com 390 multiplicadores que são responsáveis por 4.490 trabalhadores

A Secretaria Municipal de Saúde está orientando e certificando empresas, seus trabalhadores, colaboradores e clientes, por meio de um treinamento que visa o enfrentamento ao novo coronavírus, que tem se tornado um desafio para a saúde pública. A ação faz parte do projeto “Saúde do Trabalhador em Tempos de COVID-1: Como se proteger e evitar a disseminação”, iniciado em maio.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, explicou que o objetivo é prevenir e controlar a COVID-19, por meio de treinamento por videoconferência, oferecendo suporte para as empresas que tenham interesse em treinar seus funcionários. A capacitação é ministrada pelos profissionais do Núcleo Ampliado em Saúde da Família (NASF) e Estratégias da Saúde da Família (ESF), que por integrarem os grupos de risco para COVID-19 estão trabalhando em home office. A iniciativa também conta com apoio de docentes e estudantes do curso de Fisioterapia da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Dentre as principais orientações dadas estão: sinais e sintomas da COVID-19; fluxos de atendimentos em Londrina para o sintomático respiratório; lavagem correta das mãos com uso de papel toalha para secagem; uso adequado da máscara, reforçando a importância do distanciamento social; importância de evitar a aglomeração nos horários de descanso e alimentação; informações sobre o Disque Coronavírus. Além da videoconferência, o projeto encaminha um material de apoio para auxiliar na continuidade das práticas de prevenção.

Segundo a fisioterapeuta do NASF, Michelle Moreira Abujamra Fillis, a oferta de orientações sobre as manifestações clínicas de COVID-19 se faz necessária e é considerada uma medida importante para que o trabalhador tenha a capacidade de reconhecer o aparecimento dos principais sinais e sintomas nos seus contatos domiciliares e, assim, tenha a oportunidade de estabelecer mais precocemente as medidas de contenção da doença.

O público-alvo são trabalhadores de todas as categorias profissionais dos segmentos do comércio, indústria, construção civil e prestação de serviços, como clínicas, salões de beleza, cartórios, cooperativas de reciclagem, condomínios, shoppings centers, escolas, supermercados, bares e restaurantes.

Das 116 empresas contatadas pelo projeto, 81 foram orientadas e treinadas, com 390 multiplicadores que são responsáveis por 4.490 trabalhadores. Foram treinados técnicos de segurança, funcionários administrativos, proprietários, síndicos, para que eles espalhassem as informações de prevenção da Covid-19, a fim de evitar a transmissão nos locais de trabalho e em suas famílias.

Recentemente, o projeto também firmou parceria com o Disque Coronavírus, que além de orientar e tirar dúvidas dos pacientes sobre os sintomas de coronavírus, agora permite que os cidadãos denunciem os estabelecimentos que estão descumprindo as medidas de segurança impostas pela pandemia da COVID-19. As denúncias feitas pelo 0800-400-1234 são encaminhadas para o e-mail prevencao.covid@saude.londrina.pr.gov.br. Na sequência, a equipe entra em contato com o local, oferecendo o treinamento, com foco na orientação e não na punição. As empresas e outras instituições interessadas em levar o treinamento para seus estabelecimentos podem entrar em contato pelo mesmo e-mail.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com a fisioterapeuta e do NASF, Michelle Moreira Abujamra Fillis. Contato no N.com, no 3372-4188.

Etiquetas
Mostrar mais

Dayane Albuquerque

Gestora de Comunicação - Jornalista da Prefeitura Municipal de Londrina, especialista em Comunicação Organizacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos