Cidadão

Unidades de Saúde participam do Setembro Lilás e Amarelo

Estão sendo realizadas diversas ações de conscientização sobre a doença de Alzheimer e prevenção do suicídio

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Londrina estão participando das campanhas Setembro Lilás, de conscientização sobre a doença de Alzheimer, e Setembro Amarelo, de prevenção do suicídio. Diversas ações de sensibilização serão realizadas ao longo do mês sobre os temas, em grupos e salas de espera das UBSs e Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, destacou que o Setembro Amarelo permite debater o tema com a sociedade, a fim de quebrar os estigmas e mitos existentes em torno do assunto, ajudar as pessoas a identificarem os sinais de risco e informar sobre os locais que podem oferecer ajuda a quem precisa. Ele também enfatizou que é de fundamental importância falar sobre o Alzheimer, que está entre as principais causas de mortes relacionadas à demência no mundo.

A UBS do Itapoã vai promover, nesta quarta-feira (11), palestra sobre prevenção do suicídio no Grupo de Mulheres (Valorizar), pela psicóloga da unidade. Na última semana de setembro os Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) do local vão participar de uma oficina de prevenção do suicídio, também com a psicóloga da UBS. No dia 19, haverá uma palestra sobre o Alzheimer, jogo da memória e caça palavras, para os pacientes.

A unidade do Lindóia fará uma palestra sobre o que é o Alzheimer com a comunidade, nesta quinta-feira (12), às 14 horas, no salão da Paróquia Cristo Bom Pastor.

Os profissionais da UBS do Vista Bela/Padovani vão participar de uma atividade de matriciamento realizada pelo psicólogo do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) em Saúde Mental e Prevenção do Suicídio. Além disso, durante o mês haverá intervenção com os usuários dos grupos de Atividade Física e Alongamento para esclarecer a importância do cuidado com a saúde metal, bem como apresentação de dados para a prevenção do suicídio.

A UBS da Vila Casoni já realizou uma capacitação no Grupo de Hiperdia, sobre os sinais e cuidados com o Alzheimer e nos grupos de apoio o tema suicídio está sendo abordado. Além disso, um vídeo sobre suicídio está sendo transmitido na televisão da unidade.

No Leonor, a UBS vai promover uma atividade sobre o Alzheimer, na sexta-feira (13), às 8h30, no grupo de Alongamento, que tem cerca de 40 participantes, com a equipe do NASF e ACSs. No dia 20, também às 8h30, a ação se repete, com psicóloga da unidade. Os temas também estão sendo abordados nos grupos de Fisioterapia, Atividade Física e de Psicologia.

A unidade do Ernami Moura Lima está fazendo uma divulgação sobre prevenção do suicídio, por meio de vídeos e cartazes, na sala de espera. A UBS dos Campos Verdes/Maria Cecília promoverá uma fala reflexiva sobre os temas, no dia 19, durante a reunião da equipe. O mesmo já ocorreu na UBS do João Paz, nesta terça-feira (10), no grupo de Atividade Física.

A UBS do Marabá já promoveu, no mês passado, uma sensibilização com os pacientes do Grupo de Saúde Mental, e do Mister Thomas, uma sensibilização sobre prevenção do suicídio com a equipe, durante a reunião geral.

Ao logo do mês os ACSs do município também estão participando de uma capacitação sobre o Alzheimer, promovida pela Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Instituto Não Me Esqueças. O objetivo é que profissionais identifiquem, nos idosos que visitam, alterações provocadas por um quadro de demência e, assim, alertar a equipe de Saúde para que estas pessoas possam ser adequadamente avaliadas.

Apoio – O Alzheimer é uma doença progressiva que destrói a memória e outras funções mentais importantes. Embora não tenha cura, ela pode ser tratada e quanto antes diagnosticada, mais tempo com qualidade de vida a pessoa terá. Os centros de referência do Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil oferecem tratamento para pacientes com Alzheimer, além de medicamentos que ajudam a retardar a evolução dos sintomas. Em Londrina o tratamento é ofertado na Policlínica e outros locais como Cismepar, PUC e UEL.

Sobre a prevenção do suicídio, aqueles que acharem que precisam de ajuda, podem procurar tanto a UBS mais próxima para uma consulta ou o Pronto Atendimento do CAPS III, que funciona 24 horas, na Rua Alba Bertolete Clivati, 186, Jardim Alto da Boa Vista. No local, o paciente será avaliado por um profissional de nível superior e, caso necessário, será encaminhado para atendimento médico e, dependendo da gravidade, para internamento.

Outras informações podem ser obtidas com a coordenadora de Saúde do Adulto e Idoso da SMS, Juliana Marques, no 3372-982.

Etiquetas
Mostrar mais

Dayane Albuquerque

Gestora de Comunicação - Jornalista Prefeitura Municipal de Londrina

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Compartilhamentos